Marcos entrega comentário machista de produção sobre Vivian e internautas acusam ‘BBB 17’ de manipulação

Amigos de Vivian querem uma explicação da produção do “BBB 17” (Reprodução/ TV Globo) 

por

Amigos de Vivian querem uma explicação da produção do “BBB 17” (Reprodução/ TV Globo)

Durante a festa na madrugada desta quinta-feira (30), no “BBB 17″, Marcos bateu boca mais uma vez com a produção do programa e foi chamado ao confessionário depois de ameaçar deixar o programa. “Se precisar, arrumo minha mala agora e vou embora na boa”, disse o cirurgião, antes de deixar o ambiente da festa e ir conversar privadamente com a equipe da atração.

Quando voltou à festa, porém, Marcos fez uma revelação sobre a conversa que teve no confessionário que deixou muitos internautas revoltados. Enquanto conversava com Ilmar sobre o ocorrido, e os dois especulavam se o médico havia falado diretamente com Boninho ou com outra pessoa da equipe, o cirurgião sussurrou no ouvido do colega de confinamento que a pessoa com quem ele discutiu fez um comentário pra lá de machista sobre Vivian. “Teve uma hora engraçada que ele disse assim: ‘Depois você come a Vivian’. Lá dentro. Por isso que eu saí rindo”, disse o brother ao amigo Mamão.

Muitos internautas se irritaram com o comentário reproduzido por Marcos, compartilharam o vídeo do momento em que ele faz a declaração para Ilmar e acusaram a produção do programa de manipular o reality show. Alguns internautas criaram uma campanha “Vivian merece respeito”, que ganhou força nas redes sociais após o ocorrido.

João Paulo Santos, amigo de Vivian, contou em entrevista ao “UOL” que todas as pessoas próximas à ex-miss estão revoltadas e que um advogado amigo dela já até mandou um e-mail à produção do “BBB 17”. “O sentimento é de decepção. Se o Marcos está tendo esses privilégios de conversar com a produção não é um jogo, não é o que a gente pensa. Isso é ruim também para o programa. Eu faço parte do público que paga para ver uma coisa real. E a Vivian não é moeda de troca nem objeto sexual. Eles têm que se manifestar, isso tomou uma proporção muito grande”, disse João.

Você também vai curtir