TOPO

Ju Isen posa em ensaio ousado Fonte

de Redação / sexta-feira, 17 mar 2017 15:38 PM / / 110 views


Juliana protagonizou uma cena polêmica no último carnaval ao deixar ânus a mostra e falou sobre o ocorrido: “Fiquei alguns dias sem sair de casa”

Prestes a embarcar para os Estados Unidos, Ju Isen posou com um modelo na Zona Sul de São Paulo para um ensaio fotográfico pra lá de ousado e sensual e ainda falou sobre o comportamento masculino. “Os homens me acham polêmica, de certa forma eu os espanto, eles têm medo das polêmicas, eles não levam a sério, dizem que não sou para casar”.
Nesse ano, Ju Isen assinou contrato com a organização do Miss Bumbum para ser a apresentadora da série em 2017. Em 2016, sua avó de 87 anos participou da edição do concurso Miss Bumbum terceira idade, que teve Dona Geralda como a grande vencedora. Aliás, os nomes das candidatas do concurso desse ano já estão sendo divulgados. Entre eles, Rangel Carlos, praticante de poliamor, Jenny Summers, a primeira estrangeira a participar da competição, Gilliane Bonheu, que retirou sua prótese de silicone dos glúteos para a disputa e Ana Luiza Neves, sósia de Anitta.
Polêmica
A modelo ficou bem conhecida do carnaval de 2016 ao tirar o tapa-sexo no meio do Sambódromo do Anhembi durante desfile da Nenê de Vila Matilde, escola da Zona Leste de São Paulo. Já na folia desse ano voltou a criar polêmica. Isso porque a loira, completamente nua e pintada com as cores da bandeira do Brasil, estava sendo entrevistada pela Rede TV! quando resolveu agachar e acabou deixando seu ânus totalmente visível. A cena repercutiu muito e virou assunto nas redes sociais. Pouco menos de um mês depois do ocorrido, ela falou sobre o assunto e disse que ainda está se recuperando. “Foi muito forte fiquei alguns dias sem sair de casa”, revelou.
Musa anti-Dilma
Ju foi uma das grandes polêmicas do carnaval do ano passado. Proibida de usar um tapa-sexo com o rosto da presidente Dilma Rousseff estampado, a loira musa da direita, arrancou a fantasia e fez topless na avenida em forma de protesto. A equipe da escola rapidamente se mobilizou para retirá-la do desfile e um membro da agremiação a agrediu fora da avenida. Juliana foi bruscamente empurrada por um homem trajado com o uniforme da agremiação paulista e foi ao chão. O momento foi registrado e viralizou nas redes sociais.

Comentários no Facebook

Anuncie | Expediente | Contato