Zach Lind do Jimmy Eat World fala sobre primeira vinda da banda ao Brasil em entrevista exclusiva

por

Americanos farão sua estreia no país no festival Lollapalooza, em março

Jimmy Eat World

Em mais de vinte anos de carreira, o Jimmy Eat World já marcou uma geração do emocore, com hits como “The Middle” e “Pain“, lançou nove álbuns de estúdio, e rodou o mundo em turnê – ou quase todo o mundo.

Mesmo após tanto sucesso, o quarteto do Arizona, nos Estados Unidos, ainda não fez uma visita ao Brasil; mas isso mudará em março deste ano, quando a banda será uma das atrações do festival Lollapalooza, em São Paulo, e tocará no Rio de Janeiro com o Two Door Cinema Club.

Quando começamos a conversar com o baterista do grupo, Zach Lind, esta foi a primeira coisa que veio à tona. “Estamos muito animados por finalmente tocar no Brasil!”, disse o músico, que faz parte do quarteto desde 1993. “Nossos fãs podem esperar uma grande mistura de nossas músicas, vamos tocar as antigas e as novas. Já que nunca tocamos aí, vamos tentar encaixar todas as canções que já tocamos durante todos esses anos”, completou sobre os shows.

As faixas “novas” às quais o americano se refere fazem parte do nono disco de inéditas da banda, intitulado “Integrity Blues“. O material chegou ao mercado em outubro, e trouxe um novo interesse do público e da crítica pelo trabalho do grupo.

“Nós queríamos ter certeza de que todas as músicas fossem incríveis, e nos certificamos de que nada que não soasse especial entrasse no álbum”, disse Zach sobre a criação do disco. “E para nós, que somos uma banda há tanto tempo, não dá para lançar algo que não seja 100% ótimo, pois temos um monte de canções que as pessoas podem comparar. Então queríamos lançar músicas boas, que ninguém fosse pular”.

Sure and Certain” é uma das músicas mais comerciais do LP, e foi divulgada como o primeiro single do material ainda em agosto do ano passado. Para o segundo single, no entanto, a banda escolheu “Get Right“, uma das mais pesadas do disco.

“Cara, eu acho as letras desse álbum tão boas, especialmente as de ‘Get Right‘”, declarou Lind sobre a música de trabalho. “Ela é atemporal, Jim fez um trabalho incrível nesta canção”.

Finalmente, o músico revelou que “Integrity Blues” é o resultado de toda a experiência e todas as lições que a banda aprendeu durante a longa carreira. “Cada vez que fazemos um álbum, aprendemos algo novo, e aplicamos isto no próximo. Nem todo mundo tem a chance de gravar um disco, e nós já fizemos vários; nos permitimos falhar, prosseguir, e finalmente acertar. A maior lição que aprendemos como grupo é não nos focar muito no que as pessoas de fora tentam falar, ou quando tentam nos mudar. O que realmente importa é fazer o que nos deixa felizes”.

O Jimmy Eat World se apresenta no domingo, 26 de março, no Lollapalooza em São Paulo, com ingressos à venda através do site Tickets For Fun.

Fonte: Vagalume

Você também vai curtir