Celulari chora ao relembrar luta contra câncer: Não era a minha hora

Edson Celulari falou abertamente pela primeira vez sobre a sua luta contra o câncer no sistema linfático durante entrevista concedida ao "Fantástico", da Globo, neste domingo (12). O ator descobriu a doença em julho do ano passado, e foi dado como curado pelos médicos seis meses depois.

por


Edson Celulari falou abertamente pela primeira vez sobre a sua luta contra o câncer no sistema linfático durante entrevista concedida ao “Fantástico”, da Globo, neste domingo (12). O ator descobriu a doença em julho do ano passado, e foi dado como curado pelos médicos seis meses depois.

Durante a entrevista, Celulari contou que havia percebido um inchaço no gânglio durante uma viagem com a sua esposa, Karen, mas que o diagnóstico da doença aconteceu pouco tempo depois.

“A partir daquele momento, se você me perguntar: ‘você sentiu medo?’ Eu olhei [e pensei]… Chegou minha hora? Tanta coisa para fazer, meu Deus. Eu pensei logo nos meus filhos, que precisam de mim (…) Eu contei para eles. Os meus dois filhos se desmontaram, não paravam de chorar. Foi um momento delicado. Mas ali [ao ver a reação deles], eu tive certeza: não era a minha hora'”, relatou.

O ator deu detalhes do período de angústia pelo qual passou e disse que aproveitou o tratamento para refletir sobre os seus valores . “Tinha dia que eu acordava, olhava para o espelho e via a pele e o rosto com outra cor, tinha cansaço, enjoos, dor de cabeça (…) Eu perdi o olfato, mas eu não perdi o paladar. Eu perdi o cabelo, mas eu não perdi a cabeça [risos]. Numa hora dessas, o cabelo tem muita pouca importância. Esse é um momento bom para você aproveitar, refletir sobre os seus valores e conhecer a si mesmo”, avaliou.

“Eu saio dessa experiência [contra o câncer] melhor. Eu acho que isso aconteceu comigo por algum motivo. Ao invés de eu perguntar ‘por que eu? por que comigo?’, eu digo: ‘bom, já que é comigo, então é para aprender alguma coisa!”, declarou.

Durante a entrevista, o ator afirmou ainda que “se tem uma coisa que emociona é a manifestação do carinho das pessoas” que recebeu nos momentos mais difíceis.

Edson Celulari descobriu o câncer em julho do ano passado, mas, após seis meses de tratamento, o próprio ator anunciou que estava curado do linfoma não-hodgkin.

“Graça recebida. Graça agradecida. Um coração pleno de obrigados. Vida que segue com muito amor. Dia de um sol lindo por aqui, e que ele ilumine a todos”, escreveu ele, na ocasião.

Celulari se tratou com a médica Yana Novis, do Hospital Sírio Libanês, mesma profissional que cuidou de Reynaldo Gianecchini e da ex-presidente Dilma Roussef, diagnosticados com o mesmo tipo de câncer do ator.

Afastado da TV desde 2015, quando fez a novela “Alto Astral”, Celulari está escalado para “A Força do Querer”, próxima trama das 21h da Globo. No folhetim de Glória Perez, ele viverá Dantas, um sujeito namorador e alegre.

Você também vai curtir