TOPO

Caio Castro pede desculpas por agressão a fotógrafo

por Christian Simon / Publicado em quinta-feira, 19 jan 2017 08:22 AM / / 335 views
Ator gravou um vídeo para contar sua versão sobre a agressão em Trancoso (Reprodução/ Facebook)

Pouco mais de duas semanas depois de ter agredido o fotógrafo André Ligeiro em uma festa de Ano Novo em Trancoso, na Bahia, Caio Castro usou as redes sociais para falar sobre o assunto. O ator explicou, em um vídeo no Facebook, o que o levou a perder a cabeça e pediu desculpas ao profissional, aos fãs e a todos que poderiam ter se ofendido com sua atitude.

“Que fique bem claro que eu não estou fazendo esse vídeo para justificar o que ocorreu no final do ano“, iniciou Caio Castro, explicando que apenas queria contar sua versão da história porque muitas pessoas o questionaram. O ator afirmou que viajou com amigos para Trancoso patrocinado por um empresa de eventos e que ao visitar, junto com o patrocinador de sua viagem, uma festa de uma companhia concorrente, pediu para a assessora avisar aos fotógrafos do local que não poderia posar para fotos.

“Entrei na festa, cumprimentei os fotógrafos. Deu um minuto, estávamos esperando pegar pulseira, veio um rapaz correndo, levantou a máquina e começou a disparar flash. Olhei pra Valentina, assessora do meu amigo, e disse ‘que isso?’. E na hora ele saiu correndo. E eu saí correndo atrás dele. Estava meio nervoso, era uma falta de respeito. A gente pediu gentilmente, cordialmente para não fazer foto. Ele fez e saiu correndo. Por que ele saiu correndo? Por que ele viu que foi pedido que não era pra fazer foto”, disse Caio Castro.

Apesar de explicar os motivos que o levaram a perder a cabeça, Caio Castro assumiu que errou ao agredir André Ligeiro. “Quem está errado está errado e não existe meio errado. Estou muito errado por ter machucado o menino. Passei meu ano novo inteiro sem saber como pedir perdão. Não saio de casa pra brigar, não gosto de violência. Acho que violência gera violência e gentileza gera gentileza. Se fosse pedido, a gente conversava sobre fazer a foto. Estou errado? Estou errado pra car****. Não estou aqui pra justificar meu erro. Perdi a cabeça. Em nove anos de carreira nunca tive problema, nada parecido com isso”, disse Caio Castro.

O ator também explicou que tentou pedir desculpas ao fotógrafo, mas os seguranças não deixaram ele se aproximar. “Eu fiz questão de tentar pedir desculpas na mesma hora porque eu sabia o tamanho da cagada que eu estava fazendo agredindo uma pessoa. Eu queria falar com ele e não deixaram. No dia seguinte não deixaram eu falar com ele também e decidi deixar o tempo passar e de repente eu tenho uma oportunidade de encontrar o fotógrafo e me explicar. (…) Até agora não consegui encontrar com o fotógrafo. Peço desculpas a ele, à família dele, à minha família, aos meus fãs. Terminei 2016 de uma forma que não gostaria de terminar. Se algum profissional do meio da fotografia se sentiu ofendido, peço desculpa também. Já que isso aconteceu e foi um episódio horrível, uma idiotice da minha parte, daqui pra frente alguma coisa boa temos que levar de boa dessa situação, que é respeitar as pessoas, o espaço e os limites das pessoas”, concluiu Caio Castro.

|

Comentários no Facebook