TOPO

Violência, papa, heróis: O que esperar das séries em 2017?

por Redação / Publicado em quarta-feira, 28 dez 2016 11:31 AM / / 326 views

2016 teve muitas séries, e 2017 não vai ficar atrás. Entre heróis, zumbis, tronos de ferro e até um papa, as séries que estão no ar e as que vão estrear prometem dar o que falar. Por isso, preparamos uma lista com o que esperar das principais estreias e daquelas séries que já são nossas queridinhas. Confira:

Velhas conhecidas

“Game of Thrones”

A série volta para sua sétima temporada mais tarde e com menos episódios: serão 7, com estreia em julho. E, já que o inverno chegou e o fim está cada vez mais próximo, os fãs podem esperar muitos encontros entre personagens que estavam, até agora, separados. E muito (mais) conflito, já que Daenerys finalmente vai chegar em Westeros, Cersei está no Trono de Ferro e os White Walkers estão bem perto da Muralha.

“The Walking Dead”

O grupo de Rick passou oito episódios comendo o pão que o diabo amassou na mão de Negan (Jeffrey Dean Morgan). Mas tudo indica que o vilão vai ter o troco na próxima metade da sétima temporada, que estreia no dia 12 de fevereiro: em um teaser, os sobreviventes já aparecem confabulando uma vingança contra o vilão – e uma possível aliança com outros grupos. Será que a reação dos personagens vai levantar a audiência da série, que bateu um recorde negativo em 2016?

“Stranger Things”

Eleven (Millie Bobby Brown) e companhia protagonizaram um dos maiores sucessos do ano e voltarão ao ar em 2017 para uma segunda temporada. Ainda não foram divulgadas informações sobre a história, mas já sabemos que Will (Noah Schnapp) permanece conectado com o mundo invertido e que vários personagens novos vêm por aí, incluindo um funcionário do Departamento de Energia responsável por conter os eventos da primeira temporada. Será ele o nosso vilão? Para quem é chegado na nostalgia, Sean Astin, do clássico dos anos 1980 “Os Goonies”, também entrará na série, como um antigo colega de escola de Joyce (Winona Ryder)

“The Big Bang Theory”

A sitcom mais vista da TV americana retorna para a segunda metade da décima temporada com seu futuro ainda incerto. Uma possível 11ª temporada depende das negociações entre os estúdios Warner, que produz a série, e o elenco principal, que hoje já ganha US$ 1 milhão por episódio. Atores e executivos se dizem dispostos a seguir com a série, mas ainda existe um risco de que essa temporada seja a última.

No que se refere à história da série, que nos EUA retorna dia 5 de janeiro, os fãs podem esperar ver Howard (Simon Helberg) e Bernadette (Melissa Rauch) lidando com a pequena bebê Halley, que nasceu no último episódio antes do recesso de fim de ano. Já Leonard (Johnny Galecki) e Penny (Kaley Cuoco) vão tentar reacender a paixão no relacionamento, e para isso contarão com a ajuda inusitada de Sheldon (Jim Parsons) e Amy (Mayim Bialik).

As novidades que podem te conquistar

“Desventuras em Série”

A saga criada pelo escritor Lemony Snicket vai estrear como série na Netflix no dia 13 de janeiro. Sob quilos de maquiagem e próteses, Neil Patrick Harris promete divertir como o vilão Conde Olaf, que vai fazer de tudo para roubar a fortuna dos órfãos Baudelaire. Até números musicais a série vai ter. Mas os fãs do livro não precisam se preocupar: o próprio Harris garantiu que a história será sombria e fiel aos livros.

“Punho de Ferro”, “Justiceiro” e “Os Defensores”

Os fãs da parceria Marvel-Netflix terão um 2017 bem cheio. Em março, o herói bilionário Danny Rand (Finn Jones) chega às telinhas com “Punho de Ferro”. Depois, será a vez do Justiceiro, que apareceu na segunda temporada de “Demolidor”, ganhar uma série própria. E no segundo semestre, Danny se junta a Jessica Jones, Demolidor e Luke Cage para enfrentar o crime na minissérie “Os Defensores”, que terá oito episódios. Já sabemos que Sigourney Weaver será a grande vilã, mas não foram divulgados mais detalhes de sua personagem.

“Legion”

A primeira série de TV do universo dos X-Men estreia no dia 8 de fevereiro no FX – e o Brasil terá estreia simultânea com os Estados Unidos. A história será centrada em David (Dan Stevens), um homem que sofre com esquizofrenia e tem várias personalidades. Um encontro com uma desconhecida, porém, mostrará que muitas de suas visões podem, na verdade, ser reais. Se depender da grife de seu criador, “Legion” já será um sucesso: Noah Hawley é o nome por trás de “Fargo”, uma das séries mais elogiadas da atualidade.

“The Young Pope”

Como diz o próprio título, a série traz Jude Law como um papa jovem e bonitão. Mas ele não é só isso. Contraditório e oscilando entre um papado progressista e um reacionário, Pio 13 fuma muito, desrespeita regras seculares do Vaticano e, em certo momento, não se mostra convicto da própria crença em Deus. A produção foi criada por Paolo Sorrentino (vencedor do Oscar de filme em língua estrangeira por “A Grande Beleza”), que também é seu diretor, e conquistou elogios no Festival de Veneza, onde estreou. No Brasil, ela será exibida pela HBO.

“Big Little Lies”

Só o elenco já é suficiente para dar uma conferida nessa minissérie da HBO: Nicole Kidman, Reese Whiterspoon, Alexander Skarsgard, Shailene Woodley e Laura Dern estão na linha de frente da atração, que estreia dia 19 de fevereiro. A história gira em torno de um grupo de mães cujas vidas aparentemente perfeitas no subúrbio americano começam a desmoronar.

“Twin Peaks”

Mais de 25 anos depois de ser cancelada, a produção cult vai ser ressuscitada na telinha pelo diretor David Lynch. Velhos personagens queridos dos fãs vão retornar, como o agente Dale Cooper (Kyle MacLahan) e a própria Laura Palmer (Sheryl Lee). Mas pode esperar muitos rostos novos também: o canal Showtime anunciou 217 atores, incluindo Naomi Watts, Monica Belluci e Amanda Seyfreid.

“Star Trek: Discovery”

A nova empreitada do universo “Star Trek” na TV chegará em maio, pela Netflix. Ainda não foram divulgados detalhes sobre sua trama, mas podemos ter certeza que os produtores não estavam brincando quando falaram que ela seria bem diversa: a atriz Sonequa Martin-Green, a Sasha de “The Walking Dead”, foi contratada para viver a protagonista, e haverá uma capitã mulher e um tenente gay.

Série de Padilha sobre a Lava Jato

Dando sequência aos lançamentos brasileiros, a Netflix deve lançar em 2017 uma série sobre a Operação Lava Jato, feita por José Padilha, diretor de “Tropa de Elite” e “Narcos”. A produção ainda não teve título nem elenco oficialmente anunciados, mas seu tema já a coloca entre uma das mais esperadas para o próximo ano.

|

Comentários no Facebook