Candidato alemão ao Oscar, “Toni Erdmann” vence o European Film Awards

Candidato alemão ao Oscar, o filme “Toni Erdmann” foi o principal vencedor do European Film Awards, cuja cerimônia aconteceu neste sábado (10) na Polônia, de acordo com a revista “Variety”.

por

toni-erdmann
Candidato alemão ao Oscar, o filme “Toni Erdmann” foi o principal vencedor do European Film Awards, cuja cerimônia aconteceu neste sábado (10) na Polônia, de acordo com a revista “Variety”.

O longa conquistou os prêmios de melhor filme, ator (Peter Simonischek), atriz (Sandra Hüller), roteirista e diretor, ambos para a cineasta Maren Ade.

Hüller desbancou a francesa Isabelle Hupert, que era favorita da categoria por sua atuação em “Elle” – filme polêmico que foi selecionado pela França para disputar o Oscar.

“Toni Erdmann” é uma tragicomédia sobre um pai que tenta se aproximar de sua filha através do humor. Ela conta a história de Inês, uma mulher de cerca de trinta anos, executiva em uma importante empresa alemã na Romênia, tão absorvida por seu trabalho que perdeu a capacidade de desfrutar a vida e esqueceu como ser feliz.

Mas sua perfeita rotina, controlada até nos mínimos detalhes, é alterada com a visita surpresa de Winfried, seu pai, magnificamente interpretado pelo ator austríaco Peter Simonischek.

Diante das dificuldades que tem para se comunicar com sua filha, Winfried cria um alter-ego, Toni Erdmann, um homem totalmente irreverente que com um particular senso de humor tenta despertá-la de sua letargia e recuperar a relação que teve algumas vezes com ela.

*Com informações da agência AFP

Você também vai curtir