FBI decide não levar adiante investigação contra Brad Pitt

Hannibal Hanschke/Reuters A novela envolvendo o divórcio de Brad Pitt e Angelina Jolie encerrou mais um capítulo nesta terça-feira. O FBI, que estudava a possibilidade de abrir uma investigação sobre Brad Pitt, acusado de comportamento agressivo em relação aos filhos, comunicou que não irá levar adiante essa história.

por
  • Hannibal Hanschke/Reuters

    FBI decide não levar adiante investigação contra Brad Pitt

A novela envolvendo o divórcio de Brad Pitt e Angelina Jolie encerrou mais um capítulo nesta terça-feira. O FBI, que estudava a possibilidade de abrir uma investigação sobre Brad Pitt, acusado de comportamento agressivo em relação aos filhos, comunicou que não irá levar adiante essa história.

“Em resposta as alegações feitas sobre Brad Pitt, o FBI conduziu uma revisão das circunstâncias e não perseguirá comuma investigação mais adicional. Nenhuma acusação foi arquivada”, disse o FBI em comunicado.

Angelina Jolie pediu o divórcio em setembro deste ano, alegando diferenças irreconciliáveis, dias depois de uma suposta uma briga entre o ator e o filho Maddox, de 15 anos, em um avião da família.

Segundo o TMZ, Pitt e Angelina Jolie começaram a discutir pouco após o avião decolar. Maddox então teria interferido, verbalmente, para defender a mãe. O ator então teria avançado sobre o filho e a atriz se colocou entre os dois. Pitt teria encostado no filho, mas não está claro se isso ocorreu de forma intencional ou não.

Juntos desde 2004, Brad e Angelina se casaram em uma cerimônia apenas para os mais íntimos, em agosto de 2014, na pequena capela de Château Miraval, propriedade do casal no sul da França. Eles têm três filhos biológicos e três adotados.

Você também vai curtir