TOPO

“Coragem”, diz Luiza Brunet na véspera de audiência com ex

por André Sank / Publicado em segunda-feira, 28 nov 2016 14:41 PM / / 458 views

Bom dia Mamis. Meu suporte de caráter e simplicidade. Elegância, carinho e respeito. 😍😍te Amo. Excelente semana com coragem.

Uma foto publicada por Luiza Brunet ❤️🌹 (@luizabrunet) em

Luiza Brunet postou uma foto ao lado da mãe nesta segunda-feira (28), véspera da audiência na Justiça entre ela e seu ex-marido, Lírio Parissotto, a quem acusa de agressão física.

“Bom dia Mamis. Meu suporte de caráter e simplicidade. Elegância, carinho e respeito. Te Amo. Excelente semana com coragem”, afirmou a atriz na legenda da imagem que foi postada no Instagram.

A audiência acontecerá no Fórum Criminal da Barra Funda, Zona Oeste de São Paulo, a partir das 13h30. O caso corre em segredo de justiça.

A acusação
Luiza Brunet denunciou Lírio Parisotto de agressão física em maio. Em revelação à coluna de Ancelmo Gois, do jornal “O Globo”, a atriz afirmou que foi espancada durante uma viagem do casal a Nova York.

Segundo o relato de Luiza, o então companheiro começou a se exaltar durante um jantar com amigos, quando o casal foi questionado se iria a uma exposição. Parisotto disse que não iria porque, da última vez, foi confundido com o ex-marido da modelo.
3jul2016-luiza-brunet-1467594684801_300x300Ao voltarem para o apartamento onde estavam hospedados na cidade americana, Parisotto teria discutido com a atriz e a atingido com um soco no olho e chutes. Em seguida, ela diz ter sido derrubada no sofá e imobilizada violentamente, o que provocou a quebra de quatro costelas da atriz. Luiza conseguiu escapar depois de ameaçar gritar pelo concierge. No dia seguinte, ela voltou ao Brasil, onde iniciou tratamento médico para as lesões.

Com os laudos médicos e fotos que comprovavam a agressão, a atriz entrou com representação contra Parisotto no dia 23 de junho. Lírio Parisotto depôs no Fórum Criminal de São Paulo sobre as acusações de tê-la agredido fisicamente no dia 21 de maio, em Nova York. Segundo a defesa do empresário, ele alegou que reagiu a um ataque da ex-modelo.

O empresário está impedido de se aproximar ou de manter contato com Brunet por conta de uma ordem judicial expedida no dia 1º de julho.

|