TOPO

“Abandonei Boni, sacanagem da qual me arrependo sempre”, diz Moacyr Franco

por Redação / Publicado em sexta-feira, 04 nov 2016 17:50 PM / / 368 views

123

Em entrevista ao “The Noite”, que irá ao ar nesta quinta (3) no SBT, Moacyr Franco admite se arrepender de ter abandonado José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, ex-superintendente de operações da Globo. O ator e humorista considera que cometeu uma “sacanagem” com o antigo colega no início da carreira.

“Abandonei o Boni. É uma sacanagem da qual eu me arrependo sempre, até porque deixei de ganhar o dinheiro que ele ganhou. Fui com o Carlos Manga para a TV Rio”, lamenta o artista, que começou na TV no final dos anos 50 e foi para a Globo em 1971, onde permaneceu durante seis anos até sofrer um aneurisma cerebral e interromper a carreira.

Moacyr, que completou 80 anos em outubro com uma festa surpresa em “A Praça É Nossa”, está no elenco do humorístico há 15 anos, porém sua história no programa tem mais de 50 anos. Na antiga “Praça da Alegria”, seu personagem Mendigo fez tanto sucesso que seu bordão, “Me dá um dinheiro aí”, ganhou marchinha de Carnaval, cantada até hoje.

“‘Me dá um dinheiro aí’ foi a marchinha que praticamente encerrou as Olimpíadas (do Rio). Aquilo foi arrepiante, uma consagração”, comemora.

Além de ator e humorista, Moacyr Franco é músico e compositor de sucessos como “Ainda Ontem Chorei de Saudade”, da dupla sertaneja João Mineiro & Marciano. “Não tenho nenhum DVD até hoje. Sou o único cantor brasileiro que não tem. É muito caro. E nunca usei esse negócio de verba do governo”, afirma.

|