Ex-segurança diz que Brad Pitt e Angelina Jolie temiam sequestro dos filhos

Reprodução/en.espana-live Ex-segurança de Brad Pitt e Angelina Jolie, Mark Billingham revelou nesta segunda-feira (17) para o jornal "The Sun" que o casal, o qual teve a separação anunciada em setembro, temia pela segurança dos filhos e detalhou medidas de proteção que os dois procuravam ter no dia a dia. 

por
  • Reprodução/en.espana-live

    Ex-segurança diz que Brad Pitt e Angelina Jolie temiam sequestro dos filhos

Ex-segurança de Brad Pitt e Angelina Jolie, Mark Billingham revelou nesta segunda-feira (17) para o jornal “The Sun” que o casal, o qual teve a separação anunciada em setembro, temia pela segurança dos filhos e detalhou medidas de proteção que os dois procuravam ter no dia a dia.

“A maior preocupação deles era o sequestro dos filhos”, afirmou ele, que prestou quase 18 meses de serviço aos astros.

Billingham disse que Brad e Angelinha eram extremamente cuidadosos em proteger os seis herdeiros, Maddox (15), Pax (12), Zahara (11), Shiloh (10) e os gêmeos Vivienne e Knox (8). Ele contou que possuía total confiança dos antigos patrões – tanto que podia levar as crianças para qualquer lugar – e que poucas pessoas eram autorizadas a se aproximarem de seus filhos.

“Mesmo quando eu queria levar mais gente [nos passeios], eles não deixavam que se aproximassem das crianças”, disse. Billingham disse, ainda, que os seguranças deveriam tomar conta dos filhos de Brad e Angelina à distância: “Eles não podiam tocar neles fisicamente”.

O ex-segurança afirmou que passava muito tempo com os pequenos e que, por isso, se sentia como se fosse o pai deles.

Ele, que já trabalhou para atores como Russell Crowe, Sean Penn e Tom Cruise, também contou que protegia Brad e Angelinha de fãs perseguidores que levantavam suspeitas. Billingham narrou um episódio.

“Angie estava filmando em meio a uma multidão, e todos sorriam – exceto um cara: ele olhava com raiva”, disse. “Alguns dias depois, estávamos saindo do set e esse cara veio correndo pela rua com fotos para serem autografadas”, se lembrou.

Billingham disse que Jolie quis sair do carro para atender o fã, mas ele não deixou – preferindo ele mesmo pegar as fotos para entregar à atriz. Ao ver as fotos, o ex-segurança conta que Jolie se surpreendeu pelos cliques serem tão pessoais.

“Ele foi embora, mas reapareceu dias depois próximo ao hotel – e então eu tive que prendê-lo”, afirmou, que depois descobriu que o homem perseguia a atriz por vários estados.

Billingham acredita, no entanto, que Brad Pitt necessita de mais proteção do que a estrela do filme “Malévola”. Ele tem uma explicação: “As pessoas a amam e odeiam ele”.

“Você precisa imaginar uma maneira de protegê-los de tudo. Era algo desafiador, mas interessante”, definiu. Ele, que também tem seis filhos, disse que deixou o emprego para cuidar de sua própria família. “Nunca tive uma vida privada – eu estava exausto”, desabafou.

Você também vai curtir