TOPO

“Eu nunca entendi as pessoas me acharem um galã”, diz Antônio Fagundes

por Redação / Publicado em quinta-feira, 06 out 2016 09:11 AM / / 380 views
  • Reprodução/TV Globo
    "Eu nunca entendi as pessoas me acharem um galã", diz Antônio Fagundes
    ntônio Fagundes comenta o rótulo que ganhou de “galã” e de “homem-desejado”

    A

Antônio Fagundes, um dos atores mais requisitados no elenco da Globo, comentou o rótulo de galã e de “homem-desejado” durante participação no “Vídeo Show”, nesta quarta-feira (5).

O programa prestou homenagem ao ator e exibiu VTs de personagens e trabalhos realizados por ele ao longo dos 40 anos de carreira na emissora (em alguns vídeos, Fagundes aparece sarado, com corpo em dia e apenas de sunga, nos anos 70 e 80).

“Eu nunca liguei para isso [para o estereótipo de ser considerado um galã], eu costumo brincar dizendo que não faço o meu tipo de homem. Então, eu nunca entendi as pessoas me acharem um galã, apenas agradeci. Depois de uma certa idade, melhor ainda”, disse ele.

Ao longo dos 30 minutos de homenagem, Fagundes falou ainda sobre a parceria de sucesso com Stenio Garcia nas duas versões de “Carga Pesada” –“acho que foi o melhor casamento da TV”, em sua concepção–, e também sobre novelas que marcaram a sua trajetória.

Fagundes já participou de séries e novelas como “Nina” (1977), com “Carga Pesada” (1979 e 2003), com Caio o Szimanski (de “Rainha da Sucata”, 1990), “O Rei do Gado” (1995), “Gabriela” (2012), “Meu Pedacinho do Chão” (2014) e, mais recentemente, com o Afrânio em “Velho Chico”.

|

Comentários no Facebook