TOPO

Filme de diretor acusado de estupro é aplaudido no Festival de Toronto

por Bibi Toledo / Publicado em segunda-feira, 12 set 2016 10:37 AM / / 331 views

cena-do-filme-the-birth-of-a-nation-do-diretor-nate-parker-1454269529302_956x500

“The Birth of a Nation”, um dos filmes mais cotados para o Oscar 2017, foi aplaudido durante o Festival de Toronto. A notícia não seria surpreendente se não fosse toda a polêmica que envolve seu diretor Nate Parker e o roteirista Jean Celestin.

Os dois foram acusados, e absolvidos, de um estupro de uma jovem de 17 anos quando eram estudantes na Penn State. O caso aconteceu em 1999, mas depois de investigações feitas pela imprensa americana, descobriu-se que a jovem se matou aos 30 anos, em 2012. Segundo seu irmão, ela vivia atormentada pelo caso.

O diretor se defendeu das acusações dizendo que é inocente e que chegou a ter uma relação conssentida pela jovem. Mesmo assim, votantes da Academia do Oscar comunicaram que iriam boicotar o filme. “Pessoalmente, eu acho muito difícil separar o homem do filme quando ele o escreveu, dirigiu e estrelou”, afirmou Marcia Nasatir, membro da Academia.

A exibição no Festival de Toronto foi a primeira desde que o caso veio à tona por isso a tensão em relação a aceitação ao filme era grande. A imprensa no locando, no entanto, afirma que o filme foi aplaudido por mais de um minuto na noite desta sexta-feira (9).

The Birth of a Nation gira em torno de Nat Turner (vivido por Parker), escravo que liderou uma rebelião de 48 horas contra fazendeiros e escravistas no estado da Virgínia em 1831, provocando uma retaliação violenta dos brancos. Armie Hammer (O Agente da UNCLE, O Cavaleiro Solitário) e Jackie Earle Haley (A Hora do Pesadelo, Pecados Íntimos) são os nomes mais famosos do elenco.

|

Comentários no Facebook