Referência no cinema mudo, Buster Keaton tem obra revisitada em mostra

A obra do cineasta Buster Keaton passa por uma retrospectiva em uma mostra cinematográfica que o homenageia no ano em que sua morte completa meio século. Até domingo (23), a Caixa Cultural Curitiba apresenta a mostra "Buster Keaton – O palhaço que não ri", com entradas a R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia).

por

A obra do cineasta Buster Keaton passa por uma retrospectiva em uma mostra cinematográfica que o homenageia no ano em que sua morte completa meio século. Até domingo (23), a Caixa Cultural Curitiba apresenta a mostra “Buster Keaton – O palhaço que não ri”, com entradas a R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia).

Keaton (1895-1966) é um dos principais nomes do cinema americano e quase uma unanimidade na comédia muda, dividindo com Charlie Chaplin o posto de maior diretor do gênero. Com curadoria de João Mussato e Rodrigo Grota, a mostra exibe mais de 30 filmes, todos eles da fase muda do cineasta.

Entre as obras escolhidas, estão clássicos conceituados da carreira de Keaton, como “Sherlock Jr.” (1924) e “A general” (1926), além de uma parte menos conhecida de seu trabalho, como seus curtas-metragens.

Este é o primeiro evento no ano a celebrar a obra de Keaton no Brasil. Nascido como Joseph Frank Keaton Jr. em 1895, Buster Keaton esteve ligado ao vaudeville (mistura de circo e teatro) desde cedo. Chegou a contracenar com seus pais em um número chamado “Os três Keatons”. A partir de 1920, começou a realizar seus próprios filmes após fazer pontas em algumas produções.

Uma de suas inovações foi a figura do protagonista que não muda suas feições no decorrer das ações, permanecendo-se impassível. O nome da mostra faz referência a essa técnica utilizada por ele. O cineasta acabou perdendo o controle criativo de suas produções ao assinar contratos com grandes estúdios e sua carreira caiu em decadência.

Divulgação/Sotelysa

Referência no cinema mudo, Buster Keaton tem obra revisitada em mostra
Keaton é um dos principais nomes do cinema americano e quase uma unanimidade na comédia muda

 

A Caixa Cultural de Curitiba fica na Rua Conselheiro Laurinho, 280, no Centro. A mostra é apresentada todos os dias, em horários variados.

Veja abaixo a programação da mostra:

Terça-feira (23)

19h30 – Abertura

20h – "One week" e "Sherlock Jr" (1920, 1924 – 69 min)

Após a sessão, palestra de Luiz Carlos Oliveira Junior, crítico e pesquisador

Quarta-feira (24)

14h30 – Sessão de Curtas 01 ("The blacksmith", "The play house" e "The scarecrow" –

62 min)

16h – Sessão de Curtas 02 ("The balloonatic", "The boat" e "Neighbours" – 64 min)

18h30 – “O navegador” (1924 – 59 min)

20h – “Nossa hospitalidade”; (1923 – 75 min) – Bate-papo com os curadores após a

sessão

Quinta-feira (25)

14h30 – Sessão de Curtas 03 (“Convict 13”, “The frozen north” e “Day dreams” – 57 min)

16h – “Boxe por amor” (1926 – 77 min)

18h30 – “Amores de estudante” (1927 – 65 min)

20h – “Sete oportunidades” (1925 – 56 min) – Bate-papo com os curadores após a sessão

Sexta-feira (26)

14h30 – Sessão de Curtas 04 (“The haunted house”, “My wife’s relations” e “Cops” – 55 min)

16h – “O noivo cara-dura” (1929 – 77 min)

18h30 – “A antiga e a moderna” (1923 – 63 min)

20h – “A General”(1926 – 78 min) – Bate-papo com os curadores após a sessão

Sábado (27)

14h30 – Sessão de Curtas 05 (“Hard luck”, “The paleface” e “The goat” – 64 min)

16h – “Nossa hospitalidade” (1923 – 75 min)

18h30 – “O navegador” (1924 – 59 min)

20h – “Marinheiro de encomenda” (1927 – 71 min) – Bate-papo com os curadores após a sessão

Domingo (28)

14h30 – Sessão de Curtas 06 (“he eletric house”, “The love nest” e “The high sign” – 62 min)

16h – “O vaqueiro” (1925 – 68 min)

18h30 – “Amores de estudante” (1927 – 65 min)

20h – “O Homem das novidades” (1928 – 75 min) – Após a sessão, palestra de Murilo Hauser, pesquisador e realizador

Serviço
Mostra de cinema “Buster Keaton – O palhaço que não ri”
Quando: De 23 a 28 de agosto
Onde: Caixa Cultural Curitiba (Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Centro)
Quanto: R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia-entrada). A venda de ingressos é feita apenas para as sessões do dia
Mais informações: pelo telefone (41) 2118-5111

Você também vai curtir