Lázaro Ramos rasga elogios a Jô e emociona o apresentador: “Quero chorar”

Reprodução /TV Globo Lázaro Ramos mostrou que tem uma grande admiração por Jô Soares. Entrevistado do “Programa do Jô” desta quinta-feira (4), o ator começou o programa rasgando elogios ao apresentador ao lembrar da primeira vez em que foi ao talk-show.

“Eu estava ali atrás esperando para entrar e fiquei emocionado. A primeira vez que eu vim aqui foi há 14 anos. Pouca gente conhecia o meu trabalho, eu vim aqui pra falar do “Madame Satã”, e foi uma entrevista que as pessoas falam até hoje”, disse Lázaro segurando a mão de Jô.

“Foi uma entrevista muito simples, mas a gente deu risada juntos, a gente falou sobre arte e você, generosamente, deixou eu falar um trecho do monólogo do espetáculo que eu estava fazendo na época. Aquilo marcou as pessoas e me marcou também. Eu sou muito grato por isso”, completou o ator.

Visivelmente emocionado, Jô retribuiu os elogios do seu convidado “Eu quero chorar. Olha, vou te falar com toda a sinceridade.

Cada vez que eu vejo você na televisão, eu lembro da nossa primeira entrevista. Você não é só talento, você tem uma coisa que os portugueses chamam de ‘anjo’, é aquela coisa iluminada”, disse o apresentador, arrancado aplausos da plateia e de Lázaro.

por
  • Reprodução /TV Globo

    Lázaro Ramos rasga elogios a Jô e emociona o apresentador: "Quero chorar"

Lázaro Ramos mostrou que tem uma grande admiração por Jô Soares. Entrevistado do “Programa do Jô” desta quinta-feira (4), o ator começou o programa rasgando elogios ao apresentador ao lembrar da primeira vez em que foi ao talk-show.

“Eu estava ali atrás esperando para entrar e fiquei emocionado. A primeira vez que eu vim aqui foi há 14 anos. Pouca gente conhecia o meu trabalho, eu vim aqui pra falar do “Madame Satã”, e foi uma entrevista que as pessoas falam até hoje”, disse Lázaro segurando a mão de Jô.

“Foi uma entrevista muito simples, mas a gente deu risada juntos, a gente falou sobre arte e você, generosamente, deixou eu falar um trecho do monólogo do espetáculo que eu estava fazendo na época. Aquilo marcou as pessoas e me marcou também. Eu sou muito grato por isso”, completou o ator.

Visivelmente emocionado, Jô retribuiu os elogios do seu convidado “Eu quero chorar. Olha, vou te falar com toda a sinceridade.

Cada vez que eu vejo você na televisão, eu lembro da nossa primeira entrevista. Você não é só talento, você tem uma coisa que os portugueses chamam de ‘anjo’, é aquela coisa iluminada”, disse o apresentador, arrancado aplausos da plateia e de Lázaro.

Você também vai curtir