Estreia do “X-Factor” tem desafinados, coral gospel e Beyoncé cover

Manuela Scarpa/Brazil NewsPaulo Miklos, Fernanda Paes Leme, Alinne Rosa e Rick Bonadio no lançamento de "X Factor Brasil"

por
  • Manuela Scarpa/Brazil News
    Estreia do "X-Factor" tem desafinados, coral gospel e Beyoncé cover
    Paulo Miklos, Fernanda Paes Leme, Alinne Rosa e Rick Bonadio no lançamento de “X Factor Brasil”

     

A Band estreou nesta segunda-feira (29) a edição brasileira do “X-Factor”. Comandado por Fernanda Paes Leme, o reality show tem como jurados Paulo Miklos, Di Ferrero, Alinne Rosa e Rick Bonadio.

Menos expressivos que os técnicos do “The Voice”, os jurados fizeram críticas leves e pertinentes até mesmo para os candidatos mais desafinados. Educado, o quarteto foi moderado nos feedbacks e recorreu várias vezes à desculpa de que estavam em busca de alguém com “x-factor” para o programa. Foi o caso do grupo gospel Melody, que não conseguiu uma vaga na competição por não ter “um diferencial”.

Lembrando um pouco o “Ídolos”, primeiro reality show musical do Brasil, o “X-Factor” trouxe um desfile de candidatos desafinados ou com pouca noção artística. Algumas figuras bizarras como a baiana Jéssica, que cantou sem ligar para a opinião do júri, conquistaram vários nãos, mas muitos fãs na internet.

A cantora que mais empogou os jurados foi a paulistana Tamires, de 19 anos, que apresentou a canção “Listen”, de Beyoncé. “Deus te deu um dom que é uma coisa linda de se ver”, elogiou Rick.

Você também vai curtir