Clássico, “Superman 2” prova que nenhuma invenção vence uma boa história

O Superman de Henry Cavill, o último ator a dar vida ao herói nos cinemas, é um personagem mais humano e que segue uma linha menos maniqueísta do que já foi interpretado em filmes anteriores. Claro, ele ainda é um galã e representa o lado do bem tanto em "Batman Vs. Superman: A Origem da Justiça" (2016) quanto em "Homem de Aço" (2013). Mas se a ideia é ver um dos mais famosos heróis da DC Comics em sua forma clássica, "Superman 2 – A Aventura Continua", de 1980, está na programação do canal Cinemax, de quarta a sábado.

por

supergirl-e-flash-se-encontram-em-episodio-de-supergirl-1459192792571_615x470

O Superman de Henry Cavill, o último ator a dar vida ao herói nos cinemas, é um personagem mais humano e que segue uma linha menos maniqueísta do que já foi interpretado em filmes anteriores. Claro, ele ainda é um galã e representa o lado do bem tanto em “Batman Vs. Superman: A Origem da Justiça” (2016) quanto em “Homem de Aço” (2013). Mas se a ideia é ver um dos mais famosos heróis da DC Comics em sua forma clássica, “Superman 2 – A Aventura Continua”, de 1980, está na programação do canal Cinemax, de quarta a sábado.

“Superman 2” é o segundo de seis filmes baseados no renomado personagem da editora: além do antecessor “Superman – O Filme” (1978), vieram “Superman 3” (1983), “Superman 4 – Em Busca da Paz” (1987), “Superman – O Retorno” (2006) e “Homem de Aço” (2013).

Na trama do filme dos anos 1980, dirigida por Richard Lester, o empresário Lex Luthor (vivido por Gene Hackman) é o inimigo e ganha reforço de três criminosos vindos de Krypton, planeta natal do protagonista. O trio também possui superpoderes e pretendem dominar a Terra, mas para isso precisam acabar com o herói.

Com Christopher Reeve no papel do mocinho, Superman é um herói que mantém a bondade acima de tudo, o deixando mais próximo do personagem como conhecemos. Tanto que General Zod, vilão kryptoniano, não é morto nessa versão –diferente do que acontece em “Homem de Aço”.

O curioso é perceber que, mesmo com a escassez de tecnologia para a época, a história sobressai. E mesmo com a falta de riqueza nos detalhes técnicos, o filme é mais interessante que o longa de 2013. O que conhecemos do personagem Zod, vivido por Terence Stamppo, foi definido lá trás, apesar de o vilão retornar em “Homem de Aço” com Michael Shannon, e não agradar a todos os fãs.

Enquanto o Homem de Aço de Henry Cavill, nas mãos do diretor Zack Snyder, é capaz de matar (sendo um dos motivos de maior crítica ao herói na versão contemporânea), o Superman de á Christopher Reeve traz no papel uma combinação entre a inocência de Clark Kent e o homem com poderes usados apenas de forma benevolente. Lois Lane (Margot Kidder) até o faz querer desistir dos poderes para ter uma vida normal.

“Superman 2” é um grande filme, com uma história mais clássica e leve sobre o maior herói de todos os tempos.

Serviço

“Superman 2 – A Aventura Continua” (1980)

Onde: Canal Cinemax (TV por assinatura)

Quando: quarta-feira (10), às 22h55; quinta-feira (11), às 14h14; sexta-feira (12), às 15h55; sábado (13), às 9h45; segunda-feira (15), às 11h09

Você também vai curtir