Álbum “perdido” de David Bowie será lançado em breve

por

David Bowie
A capa do disco foi divulgada nas redes sociais de David Bowie

Uma caixote contendo os discos que David Bowie gravou entre 1974 e 1976 – o segundo de uma série que pretende relançar toda a obra do músico – trará um álbum considerado perdido, do artista morto em janeiro deste ano.

“The Gouster” foi feito em 1974, na época em que Bowie estava fascinado pela música negra contemporânea dos EUA. O trabalho sofreu algumas modificações e acabou se tornando o celebrado “Young Americans” de 1975.

O trabalho original teria sete faixas, das quais quatro acabaram no disco oficial.

David Bowie

As outras três – “John, I’m Only Dancing (Again)“, “It’s Gonna Be Me” e “Who Can I Be Now“, esta tida como um dos grandes momentos do artista – foram lançadas posteriormente em compacto e/ou como faixas extras nas reedições de “Young Americans”.

Sabe-se que outras músicas, efetivamente inéditas, dessas sessões estão nos arquivos deixados pelo artista, mas, tudo indica, que esse material só será lançado oficialmente em outra oportunidade.

A relação completa do material que estará em “Who Can I Be Now? (1974-1976)”, assim como sua data de lançamento, só será divulgado na semana que vem, mas, como diz o título, ele terá os discos lançados nesse período.

“Diamond Dogs” (1974), “Young Americans” (1975) e “Station To Station” (1976), mais o ao vivo “David Live” de 1974. Um álbum com faixas extras, também deverá estar no pacote, além do já citado “The Gouster”. O produtor Tony Visconti assinará o texto que acompanhará a caixa.

Ouça “Who Can I Be Now

Ouça os hits, e as músicas mais obscuras de David Bowie aqui no Popzone!

Fonte: Popzone

Você também vai curtir