Padre Fábio de Melo pede perdão após pregação considerada machista

Felipe Souto Maior/AgNewsPadre Fábio de Melo O padre Fábio de Melo pediu perdão após ser criticado por uma pregação considerada machista. No vídeo em que fala sobre violência doméstica, o clérigo disse que "o agressor só se torna agressor porque a vítima o autoriza", frase que foi interpretada como culpar a mulher por ser agredida pelo marido.

por
  • Felipe Souto Maior/AgNews
    Padre Fábio de Melo pede perdão após pregação considerada machista
    Padre Fábio de Melo

    O padre Fábio de Melo pediu perdão após ser criticado por uma pregação considerada machista. No vídeo em que fala sobre violência doméstica, o clérigo disse que “o agressor só se torna agressor porque a vítima o autoriza”, frase que foi interpretada como culpar a mulher por ser agredida pelo marido.

Nesta segunda-feira (27), o padre respondeu a seguidores que o criticaram, explicando que o vídeo é de 2006 e que já refutou a cultura da agressão, do estupro e do machismo em outras pregações. Em seguida, pediu desculpas a todos os seguidores pelo que falou há dez anos.

“Peço perdão. Eu nunca pretendi dizer que a vítima é culpada. Apenas salientei que a não-denúncia reforça o agressor. É muito desconfortável ser promotor do que abominamos. Culpar a vítima é abominável. Se fui infeliz na linguagem, resta-me retratar. Sempre refleti sobre o risco que uma relação afetiva tem de evoluir para o sequestro da subjetividade”, desculpou-se.

Assista ao vídeo em que padre Fábio de Melo fala sobre violência doméstica:

Fábio de Melo, o padre, culpando as mulheres pela violência que sofrem (Via @sabrinanaquino) https://t.co/YOq0gD8lV2 pic.twitter.com/

fiaL5xQUGw

— Marcos Oliveira (@MarkosOliveira) 26 de junho de 2016

Você também vai curtir