Apresentador João Kleber diz ser PhD em “puxadas de tapete” e cita Globo

Artur Igrecias/RedeTV! João Kleber afirmou ser PhD em "puxadas de tapete" –termo utilizado para quem tenta passar a perna no companheiro de trabalho– e citou um fato que teria ocorrido na época em que foi contratado pela Globo. A declaração ocorreu durante participação no programa "A Tarde é Sua", da Rede TV!.

por
  • Artur Igrecias/RedeTV!

    Apresentador João Kleber diz ser PhD em "puxadas de tapete" e cita Globo

João Kleber afirmou ser PhD em “puxadas de tapete” –termo utilizado para quem tenta passar a perna no companheiro de trabalho– e citou um fato que teria ocorrido na época em que foi contratado pela Globo. A declaração ocorreu durante participação no programa “A Tarde é Sua”, da Rede TV!.

O apresentador contou que já foi vítima de várias tentativas de “puxadas de tapete” e que o fato é mais normal nos bastidores das TV do que se imagina. Ele disse ainda que precisou “conviver” e aprender a ter “habilidade” para lidar com situações do tipo.

“Se eu começo a contar aqui, o programa não irá terminar. Infelizmente tem pessoas que se aproveitam de algumas oportunidades, mas eu digo que o talento sempre vence. Pode puxar o tapete aqui, ali, mas não dá para puxar o tapete da casa inteira”, opinou. “Aconteceu comigo, obviamente, na Globo mesmo, e depois em outros lugares pelos quais eu passei. É normal, infelizmente, mas tem que saber conviver, ter habilidade, com isso também”, encerrou.

O assunto foi abordado pelo programa depois de debaterem a notícia de que Otávio Mesquita teria tentado puxar o tapete de Raul Gil.

João Kleber irá apresentar um novo programa, o “João Kléber Show”, já a partir do próximo domingo (5). Ele não deixou muito claro como será o formato da atração e fez suspense até mesmo com o cenário. “Vai ter humor, emoção, vai ser um programa para a família, de criança à vovó”, prometeu.

À frente de programas trash como “Você na TV” e “Teste de Fidelidade” desde os anos 2000, João Kleber decidiu dar um novo rumo na carreira já a partir de abril.

Em entrevista, o apresentador contou que a decisão de seguir um novo formato foi em virtude de um desejo antigo, aprovado pela direção da Rede TV!, e não por uma possível escassez de casos curiosos a serem explorados.

Você também vai curtir