TOPO

Vivi Orth quer quebrar tabus na “Playboy”: “Mulher magra também é sexy”

por Redação / Publicado em segunda-feira, 09 maio 2016 11:08 AM / / 1823 views
  • Playboy/DivulgaçãoVivi Orth quer quebrar tabus na "Playboy": "Mulher magra também é sexy"Viviane Orth é a capa da segunda edição da nova “Playboy”, que chega às bancas no dia 17 de maio

Primeira modelo a estampar uma capa da “Playboy” no Brasil, Viviane Orth vê seu ensaio como uma mudança de paradigmas – tanto para ela quanto para a revista, que adotou um novo conceito editorial desde seu relançamento no mês passado com Luana Piovani como musa.

“É uma quebra de barreiras, ninguém jamais esperava ter uma modelo fashion na capa da ‘Playboy’. Realmente foi um choque para algumas pessoas”, disse em entrevista . “Vai ser um divisor de águas na minha carreira e acho que uma abertura de portas para outras meninas, não só modelos, mas atrizes e mulheres em geral”, afirmou.

A própria paranaense, de 26 anos, nascida na cidade de Toledo, não imaginava que um dia fosse posar para a revista. Com 1,8m de altura, quadril 89 e manequim 36, ela acredita que, antes desta nova fase, não teria chance de um ensaio na publicação por se considerar fora do padrão de beleza que se via nas páginas da “Playboy”.

“Acho que não caberia [posar para a ‘Playboy’ no passado], mas com essa mudança [de filosofia da marca] acho superválido e tem que ter todos os tipos de mulheres na capa. O corpo humano em si é lindo e as pessoas têm que aceitar isso”, afirmou.

“Essa coisa de beber para poder tirar a roupa, eu não vejo o porquê disso. É um tabu que a pessoa tem. Quando eu vi, já estava sem roupa”
Modelo Viviane Orth sobre ensaio para a “Playboy”

A musa do estilista britânico John Galliano diz que aceitar o convite não foi fácil, mas se convenceu quando se deu conta de que poderia ser um exemplo para todas as mulheres. Por falar em seu biotipo, ela garante que já estava preparada para as críticas.

“Não foi uma decisão fácil porque você pensa em ‘Playboy’ e logo vem na sua cabeça aquela mulher gostosona, malhada, mas com essa nova proposta eu falei, por que não ser a primeira modelo fashion a fazer uma ‘Playboy’ no Brasil? Já que esse convite chegou até mim por que não posso aceitar? Eu sou modelo e tenho que ser magra, mas quero mostrar para as pessoas que a magra também é sexy e pode ser tão bonita quanto uma mulher que tem mais corpo. A diversidade está aí para isso. Não importa o corpo da mulher, mas ela é linda de toda forma”, declarou.

Ensaio em cenário paradisíaco

Reprodução/Instagram

Vivi Orth quer quebrar tabus na "Playboy": "Mulher magra também é sexy"

Viviane Orth é a primeira modelo a posar para a capa da “Playboy” no Brasil

Viviane Orth posou para as lentes do fotógrafo André Passos em um ensaio que levou dois dias para ser feito em um cenário deserto da Ilhabela, no litoral norte de São Paulo. À vontade em ficar sem roupa, ela diz que tudo saiu mais tranquilo do que ela mesma esperava.

“Modelo é muito bem resolvida nessa questão. Muitas vezes estamos gravando em externa, não tem lugar para trocar de roupa direito e a gente troca dentro do carro mesmo. Para mim foi muito tranquilo, eu estava com uma equipe que adoro. Isso também fez diferença. Quando eu vi, já estava sem roupa”, falou. “Essa coisa de beber para poder tirar a roupa, eu não vejo o porquê disso. É um tabu que a pessoa tem”, completou.

Ela, que disse ter se encantado pelo ensaio de sua antecessora, Luana Piovani, não revela se aparecerá em fotos de nu frontal. Apesar de despistar, afirmou que deixou os cliques acontecerem espontaneamente.

“A gente deixou as fotos rolarem e mostrei o necessário. Isso [sobre nu frontal] eu não posso responder, só nas bancas as pessoas vão ver. Tudo o que rolou foi muito livre e espontâneo. Ficou lindo!”, garantiu.

|

Comentários no Facebook