TOPO

Velho Chico – “Foi o 1º acerto de contas”, diz Lucy Alves sobre embate de Luzia e Tereza

por Redação / Publicado em sexta-feira, 06 maio 2016 12:05 PM / / 491 views
  • Reprodução/Gshow

    Velho ChicoEm “Velho Chico”, Tereza e Luzia finalmente se reencontram e saem no tapa

Em uma das cenas mais esperadas de “Velho Chico”, que foi ao ar nesta quinta-feira (5), Luzia (Lucy Alves) e Tereza (Camila Pitanga) finalmente se reencontraram e a sertaneja deixou claro para a rival que jamais desistirá de Santo (Domingos Montagner). Luzia é uma mulher que há 28 anos vive com a insegurança de perder o marido para outra, por quem ele sempre foi apaixonado, e tomada pelo ódio que sente filha do coronel, ela se empenha em manter o amado longe da rival.

O tête-à-tête entre as duas, com direitos a ofensas e tapas, também foi uma cena esperada por Lucy Alves, que definiu o embate das personagens “de igual para igual”. “Foi o reeencontro de duas mulheres que lutam pelo mesmo amor e sofrem da mesma dor. E este foi o primeiro acerto de contas. Foi uma cena muito especial. Contracenar com a Camila foi mágico, a gente se respeitou muito, teve todo um cuidado e tudo foi conduzido brilhantemente pelo Luiz [Fernando Carvalho, diretor]”, explicou a atriz.

Não tem um capítulo que Luzia não demonstra seu rancor pela família de Saruê, interpretado por Antonio Fagundes, que já prejudicou muito os dos Anjos. A chegada de Miguel (Gabriel Leone), filho de Tereza e Santo, só aumenta a raiva de Luzia, que escondeu a verdade do marido. Lucy defende a personagem e diz que ela usa de todas as armas que têm por amar demais.

“O passado fica muito próximo. Ela não vai aguentar perder esse homem e tudo que conquistou ao lado dele, da família. Essa mulher começa a se desesperar, não entrega nada de bandeja. Faz parte da Luzia, que sempre lutou pelas coisas dela, desde que nasceu e foi abandonada. Não é agora, mais madura, que ela vai abrir mão”, conta.

Caiuá Franco/TV Globo

Velho Chico

Ex-The Voice Brasil, Lucy Alves estreou como antagonista em novelas

A cena em que a sertaneja arretada esconde a carta que Tereza escreveu para Santo revelando que estava grávida foi elogiada pelo público e críticos. Com apenas o olhar somado ao monólogo de desespero, Lucy deixou transparecer o ódio que a personagem sente pela filha de Afrânio. “Fiquei muito feliz com os elogios. Acredito muito na emoção e tento mostrar o que Luzia é pelo meu olhar. Eu não assisti filmes, não me espelhei em personagens, minhas referências são as mulheres sertanejas. Eu sou do sertão, são pessoas doces de uma força tremenda e procurei trazer essas emoções em cenas”, explica.

Na primeira fase da trama, Luzia foi interpretada por Larissa Góes e a semelhança entre as duas atrizes impressionou. Lucy acompanhou as gravações e observou os trejeitos de Larissa. “Não é fácil dar continuidade a um personagem. Tinha que manter as características dela e trazer outras porque a Luzia amadureceu. A Larissa trouxe tão bem a essência da personagem, pesquei aquilo que ela ofereceu e acrescentei outras coisas, como mostrar a Luzia humana, que tem medo, carinho e respeito pela família, sua fragilidade. Para mim ela é uma heroína, que luta pelo seu amor”, afirma.

A parceria e a química com Domingos Montagner deixam a atriz mais à vontade principalmente nas cenas quentes, que entre tapas e beijos, Santo e Luzia “mantêm a chama acesa” no relacionamento. “Domingos é um ator tão generoso que pretendo levar para minha vida como referência de artista e amigo. A gente se dá muito bem. Meu núcleo todo é muito especial. Conseguimos criar uma sintonia forte, um lado bonito e verdadeiro”, afirma a atriz, que diz ainda que as mulheres se identificam com a personagem. “Elas falam que a Luzia é falsa e má, mas depois a entendem. É muito bom saber que esse caminho que eu e a direção escolhemos está funcionando”.

Foi o reencontro de duas mulheres que lutam pelo mesmo amor e sofrem da mesma dor. E este foi o primeiro acerto de contas. Foi uma cena muito especial. Contracenar com a Camila foi mágico

Lucy Alves, a Luzia de “Velho Chico”

O autor Benedito Ruy Barbosa tem um carinho especial pelo Nordeste e faz questão de manter atores nordestinos em suas tramas temáticas da região. Em “Velho Chico”, além de Lucy Alves, que é paraibana, conta também com Irandhir Santos, Zezita Matos, Lucas Veloso, Luci Pereira, entre outros. Para a atriz, é motivo de orgulho estrear em uma novela das nove que representa o “seu Nordeste”.

“É muito bom trazer o sotaque da minha região. Os nordestinos estão se sentindo representados. Eu falo na novela como falo na vida e ainda posso usar minha sanfona em cena”, vibra a atriz, que destaca também a trilha sonora, com músicas interpretadas por Luiz Gonzaga, Caetano Veloso, Novos Baianos, Gal costa, Geraldo Azevedo, Alceu Valença, Elba Ramalho, Maria Bethania, entre outros. “É um espetáculo!”

Depois de participar do “The Voice Brasil”, em 2013, Lucy Alves deixou de morar com os pais e as irmãs, se mudou da Paraíba para o Rio de Janeiro e concilia a carreira de atriz com a de musicista. Protagonizou o musical “Nuvem de Lágrimas”, que encerrou a temporada em São Paulo no começo do ano e estreia no Rio dia 13, mas foi por causa dos testes para a minissérie “Dois Irmãos”, que está gravada e ainda não tem previsão de estreia, que Lucy foi convidada para “Velho Chico”.

“Não fui chamada para a minissérie, mas o Luiz Fernando Carvalho disse que meu teste ficou guardado e me chamou. Na época eu havia acabado de estrear o musical’. Tudo isso é muito louco, nada é por acaso. Contei com a sorte, mas eu trilho o caminho da música há muito tempo, agora a dramaturgia. Adoro aprender, isso me fortalece”, enfatiza a atriz, que é de família de sanfoneiros e diz que todos estão orgulhosos de suas conquistas.

|

Comentários no Facebook