Sem nu frontal, Vivi Orth explica: “Posso ser sensual de qualquer forma”

Depois de debutar com Luana Piovani em sua primeira edição, a nova Playboy Brasil decidiu inovar colocando a top Vivi Orth na capa como a primeira modelo fashion a posar para a publicação. Com fotos feitas em um barco e no litoral paulista, Vivi explicou em entrevista exclusiva ao UOL o motivo de não ter nenhuma imagem com nu frontal.

por

Depois de debutar com Luana Piovani em sua primeira edição, a nova Playboy Brasil decidiu inovar colocando a top Vivi Orth na capa como a primeira modelo fashion a posar para a publicação. Com fotos feitas em um barco e no litoral paulista, Vivi explicou em entrevista  o motivo de não ter nenhuma imagem com nu frontal.

“Tivemos alguns cliques, mas decidimos não colocar porque temos 32 páginas e a história é muito linda, então não cabia ter um nu frontal. Por mim não teria problema, mas ali dentro não era isso que a gente queria contar, queríamos falar que é uma mulher bonita, que eu ou qualquer uma pode ser sensual de qualquer forma porque a Playboy é uma revista para todas as mulheres, não necessariamente nu frontal, pode ser de qualquer jeito”.

Logo que recebeu o convite para ser a segunda capa da publicação, Vivi aceitou de cara na empolgação, mas por trás das fotos também existem outros objetivos profissionais.

“Acredito que vou sair do público fashion e atingir a massa, o Brasil inteiro vai me conhecer, e o mais legal é que estou atingido lá fora, as pessoas de fora tem me mandado mensagem também. Para mim é isso, é as pessoas saberem quem é a Vivi Orth, que modelo não é só cabide, que temos personalidade, que somos inteligente e temos muitas coisas para apresentar para as pessoas. Acho que a revista me deu a liberdade de expressar a minha personalidade, as pessoas são ver a Vivi de verdade e é uma quebra de parâmetros, estamos mudando a história da Playboy”.

Reprodução/Instagram/oficialplayboybrasil

Sem nu frontal, Vivi Orth explica: "Posso ser sensual de qualquer forma" Aos 25 anos, a top já pensa em dividir seu tempo entre as passarelas e a carreira como apresentadora.

“Sou modelo há 12 anos e já estava sentindo uma vontade dentro de mim de dar um passo a mais, mostrar que posso ser muito mais do que uma modelo, e as pessoas sempre falavam que eu tinha essa capacidade. Não me vejo como atriz porque eu tenho uma personalidade muito forte, não sei se conseguiria entrar no personagem e ficar ali um, dois meses nele. Tenho um canal no YouTube e tenho vontade de mostrar meu mundo, as coisas que gosto, quero muito ir para a TV como apresentadora ou repórter”.

Cachê Não Importa

Diferente da antiga publicação que pagava valores astronômicos para as capas, o novo conceito da revista não investe tanto dinheiro nas estrelas, mas o peso para Vivi aceitar posar nua foi outro.

“Essa coisa de cachê astronômico não existe mais, o que me deu vontade foi por causa do ensaio da Luana, que ficou lindo. Eles também me deram a liberdade de escolher tudo e fazer do jeito que eu queria. Aceitei para fazer história mudando uma revista que as pessoas viam com outros olhos e hoje conseguimos atingir um público completamente diferente”.

Você também vai curtir