TOPO

Nova estrela de Hollywood, Elle Fanning é modelo macabra em The Neon Demon

por Bibi Toledo / Publicado em sexta-feira, 20 maio 2016 08:09 AM / / 437 views

1
Com 18 anos, Elle Fanning é uma estrela em gestação em Hollywood. Até poucos anos atrás, ela era menos conhecida do que sua irmã mais velha, Dakota Fanning, mas sua presença e beleza chamou a atenção em filmes como “Super 8”, de J.J. Abrams, e como a doce Aurora de “Malévola”, ao lado de Angelina Jolie.

Pois Elle caiu nas mãos de um dos diretores mais loucos do momento, o dinamarquês Nicholas Winding Refn, o mesmo do policial “Drive”. Em “The Neon Demon”, que entrou na competição de Cannes, ela vive Jesse, uma menina de 16 anos linda e ingênua que chega da Geórgia em Los Angeles para trabalhar como modelo. O enredo parece o da novela “Verdades Secretas”: Jesse tem um carisma que encanta a todo mundo, desperta a inveja das modelos veteranas e parece destinada ao sucesso. Mas o sonho começa a se tornar pesadelo, e o que se vê é um conto macabro cheio de sangue, com direito até a uma pesada cena de necrofilia.

Elle tem algumas cenas pesadas para alguém que rodou o filme com 17 anos, vai se formar no ensino médio apenas este ano e ainda mora com os pais. “Foi o trabalho mais sinistro da minha carreira. Ela é como a Dorothy do ‘Mágico de Oz’, alguém que você não sabe de onde vem, mas tem algo de inocente”, explicou. Ela estrou no cinema com apenas dois anos de idade e parece lidar bem com o mundo louco das celebridades à sua volta. “Há poucos anos, fazer filmes era só uma atividade extracurricular, um pouco como jogar futebol. Ainda consigo terminar meu trabalho no set e voltar pra casa normalmente. Não dá pra viver esse mundo 24 horas por dia, é tudo muito intenso. No fim do dia, é bom tirar o lixo de casa como qualquer pessoa”.

“Queria contar uma história de conto de fadas, mas que também é um filme de terror adolescente feito para jovens. Tem terror e beleza, sexo e violência, algo bem primitivo”, explicou o diretor. “Quando conheci Elle, começamos a conversar e logo percebi: ei, você também pode ser má”.

“The Neon Demon” teve algumas vaias na primeira sessão em Cannes, mas Refn mostrou que não liga para isso. “Arte não é uma questão de ser bom ou ruim. Esses tempos ficaram pra trás. A criatividade tem a ver com reações, a essência de viver uma experiência. Se você não reage a um filme, o que está fazendo aqui? Ver um filme ou um programa na TV só para passar o seu tempo não faz sentido, com tanta coisa interessante para se fazer”, defendeu o diretor.

(ATENÇÃO: contém spoilers)

Esse thriller macabro tem a participação de Keanu Reeves, como o gerente do motel em que vive Jesse. Numa das cenas, a moça acorda e ele está brincando com uma faca bem perto da sua boca, obrigando-a a engolir o objeto quase como se fizesse sexo oral. O ator infelizmente não deu as caras em Cannes para apresentar o filme. Refn segura muito bem o clima macabro no mundo da moda, mas escorrega feio no final, indo quase para o trash, numa cena em que o olho de uma vítima é comido por duas modelos.

|

Comentários no Facebook