Fãs criticam troca de dubladores de “Pokémon”; novo Ash pede perdão

ReproduçãoAsh Ketchum e Pikachu em "Pokémon XY&Z"; fãs criticaram dublagem do anime

por
  • Reprodução

    Fãs criticam troca de dubladores de "Pokémon"; novo Ash pede perdãoAsh Ketchum e Pikachu em “Pokémon XY&Z”; fãs criticaram dublagem do anime

A dublagem da 19a temporada de “Pokémon” desagradou os fãs da animação japonesa, uma das mais populares do Brasil. O site oficial do anime divulgou dois episódios de “Pokémon XY&Z” com os novos dubladores da série, porém o público reprovou a troca de vozes.

Dublado em São Paulo desde 1999, Pokémon foi transferido para o Rio de Janeiro no ano passado, e por isso todos os dubladores foram substituídos, inclusive o do protagonista, Ash Ketchum. Após 16 anos com a voz de Fábio Lucindo, o treinador de Pikachu passou a ser dublado por Charles Emmanuel, o mesmo de Ben 10 e Rony Weasley (Rupert Grint) na franquia “Harry Potter”.

No primeiro episódio de “Pokémon XY&Z”, com mais de 30 mil acessos no site do anime até a tarde desta segunda-feira (16), é possível perceber nitidamente a mudança na voz de Ash, mais grossa e séria, destoante do tom infantil dado por Lucindo ao personagem de dez anos e principal crítica dos fãs.

Charles Emmanuel respondeu as reclamações do público em um vídeo publicado em seu canal no YouTube. O dublador reconheceu ter errado ao dar a Ash uma voz mais grave, pediu desculpas aos fãs e disse ter corrigido a interpretação nos episódios seguintes, ainda indisponíveis no site do anime.

Reprodução/YouTube

Fãs criticam troca de dubladores de "Pokémon"; novo Ash pede perdão

Charles Emmanuel, novo dublador de Ash Ketchum, protagonista de “Pokémon”

“O Ash não é tão velho assim, minha voz ficou muito pesada para o personagem, mesmo que o cliente tenha escolhido desse jeito. Acabei dando uma seriedade a ele que não é legal para ele. Dublei mais ou menos seis episódios com essa voz, com tom mais sério, um pouquinho mais grave. Quero dizer para vocês que isso não vai se repetir nos próximos episódios”, prometeu. “Sinceramente peço desculpas pela dublagem do Ash nesses primeiros episódios”, completou.

Fã de “Pokémon”, Emmanuel admitiu o desconforto de interpretar um personagem com a mesma voz há 16 anos e criticou a troca de estúdios, prática recorrente em dublagem, porém danosa ao público.

“Sou fã e não concordo com a substituição de vozes, em ‘Pokémon’ e qualquer série, como ‘Game of Thrones’, ‘Lost’, enfim. Não acho isso nem um pouco legal, é uma falta de respeito muito grande com vocês, fãs, mas infelizmente aconteceu”, lamentou.

“Game of Thrones” é o exemplo mais recente de troca de vozes. Dublado até a quinta temporada pela MG Estúdio, no Rio, mudou para a Dubrasil, em São Paulo, e teve quase todo o elenco brasileiro alterado. Curiosamente, a MG Estúdio, que perdeu “Game of Thrones”, foi contratada para assumir “Pokémon” no lugar da Centauro, responsável pela animação durante 13 anos.

Veja a resposta de Charles Emmanuel, voz atual de Ash Ketchum, sobre a nova dublagem de “Pokémon”:

Você também vai curtir