Viúva diz que Chico Anysio se recusou a processar Gugu por “Escolhinha”

Divulgação/RecordGugu entrevista Malga di Paula, viúva de Chico Anysio Em entrevista ao programa "Gugu" nesta quarta-feira (9), a escritora Malga Di Paula, viúva de Chico Anysio, contou que o humorista foi pressionado a processar o apresentador por sua versão da "Escolhinha do Professor Raimundo" feita na Record em 2011.

Segunda ela, advogados apareceram na casa do comediante alegando que ele conseguiria tirar um "bom dinheiro" de Gugu com o processo. "Ele falou: Não, eu não farei isso jamais. Não farei isso porque essas pessoas estão trabalhando e não tenho o direito de tirar a oportunidade de trabalho de todas essas pessoas".

Malga contou ainda que Chico Anysio "morreu triste" por nunca ter recebido uma satisfação da Globo por ter tirado a "Escolhinha do Professor Raimundo" do ar. "Ele dizia que o Professor Raimundo era o personagem preferido porque ele era escada, ele ajudava as pessoas a trabalharem".

Segunda Malga, a saída da televisão agravou os problemas emocionais do humorista. "Quando eu o conheci, ele já sofria de depressão, mas a depressão realmente se instalou muito séria quando ele saiu da televisão. Quando a escolhinha saiu do ar, ele precisou de muita ajuda psiquiátrica", disse.

Chico Anysio morreu em 23 de março de 2012 aos 80 anos depois de passar quatro meses internado em estado grave. O humorista sofria de um enfizema pulmonar.

Na entrevista, Malga lembrou como conheçou o humorista e revelou que as últimas palavras que ouviu dele foram: "Vida do meu amor". A escritora contou que não manteve uma boa relação com os filhos de outros casamentos de Chico e que hoje em dia só tem contato com Bruno Mazzeo.

por
  • Divulgação/Record

    Viúva diz que Chico Anysio se recusou a processar Gugu por "Escolhinha"Gugu entrevista Malga di Paula, viúva de Chico Anysio

Em entrevista ao programa “Gugu” nesta quarta-feira (9), a escritora Malga Di Paula, viúva de Chico Anysio, contou que o humorista foi pressionado a processar o apresentador por sua versão da “Escolhinha do Professor Raimundo” feita na Record em 2011.

Segunda ela, advogados apareceram na casa do comediante alegando que ele conseguiria tirar um “bom dinheiro” de Gugu com o processo. “Ele falou: Não, eu não farei isso jamais. Não farei isso porque essas pessoas estão trabalhando e não tenho o direito de tirar a oportunidade de trabalho de todas essas pessoas”.

Malga contou ainda que Chico Anysio “morreu triste” por nunca ter recebido uma satisfação da Globo por ter tirado a “Escolhinha do Professor Raimundo” do ar. “Ele dizia que o Professor Raimundo era o personagem preferido porque ele era escada, ele ajudava as pessoas a trabalharem”.

Segunda Malga, a saída da televisão agravou os problemas emocionais do humorista. “Quando eu o conheci, ele já sofria de depressão, mas a depressão realmente se instalou muito séria quando ele saiu da televisão. Quando a escolhinha saiu do ar, ele precisou de muita ajuda psiquiátrica”, disse.

Chico Anysio morreu em 23 de março de 2012 aos 80 anos depois de passar quatro meses internado em estado grave. O humorista sofria de um enfizema pulmonar.

Na entrevista, Malga lembrou como conheçou o humorista e revelou que as últimas palavras que ouviu dele foram: “Vida do meu amor”. A escritora contou que não manteve uma boa relação com os filhos de outros casamentos de Chico e que hoje em dia só tem contato com Bruno Mazzeo.

Você também vai curtir