TOPO

Filha de Nina Simone defende Zoe Saldana, que interpreta a artista em filme

por Bibi Toledo / Publicado em segunda-feira, 07 mar 2016 17:38 PM / / 366 views

ninazoesaldana-630x548A filha de Nina Simone defendeu Zoe Saldana das críticas que a atriz vem recebendo por interpretar a cantora e pianista em uma cine-biografia.

Lisa Simone Kelly, filha única da artista, disse à “Time” que não estava a par das críticas feitas a Saldana no Twitter oficial de sua mãe, que, segundo ela, é administrado por uma pessoa próxima à família, contratada para cuidar do site e redes sociais de Simone.

Após a divulgação do trailer de “Nina”, Saldana tuitou uma frase de Simone e recebeu uma reposta agressiva do Twitter oficial da artista: “Bela história, mas por favor tire o nome de Nina da sua boca. Pelo resto da sua vida”.

“É lamentável que Zoe Saldanda venha sendo tão duramente atacada quando ela é parte de um projeto maior”, disse Simone Kelly, 53, que também é atriz e cantora. “Está claro que ela deu o seu melhor para esse projeto, mas infelizmente está sendo atacada quando na verdade não é responsável pelo roteiro e pelas mentiras”.

A escolha de Saldana para o papel recebeu duras críticas desde o anúncio do filme, há dois anos, porque a atriz de origem latina tem a pele muito mais clara que a de Simone e os traços mais suaves que os da cantora. Para interpretar o papel, ela usa maquiagem para escurecer sua pele e próteses para deixar seu nariz mais largo, o que tem sido encarado como uma espécie de “black-face” (termo usado para atores brancos que se pintavam para interpretar papéis de negros). Além disso, Saldana não é conhecida por ter algum talento musical ou conexão com o jazz.

Grosby Group/Getty Images

Filha de Nina Simone defende Zoe Saldana, que interpreta a artista em filme

Zoe Saldana (esq.) em imagem do filme “Nina”, cinebiografia da cantora Nina Simone (dir.)

Mas, segundo Simone Kelly, as críticas deveriam ser dirigidas à diretora do filme, Cynthia Mort. A filha de Simone diz que a família não foi consultada durante a produção e que o longa traça um retrato distorcido da relação da artista com seu agente, Clifton Henderson, interpretado por David Oyelowo.

“O filme é sobre um relacionamento entre minha mãe e Clifton que nunca aconteceu. Eles nunca tiveram um relacionamento amoroso”, explica Simone Kelly, acrescentando que Henderson era gay. “O projeto foi manchado desde o início. Claramente, não é verdade sonre a vida da minha mãe e todos sabem disso. Não é assim que alguém quer que seus entes queridos sejam lembrados”.

Sobre o trailer divulgado na semana passada, a filha de Simone diz que não sentiu nada, “exceto pela pobre Zoe”. Seu marido, Rob Kelly, 49, diz que foi difícil assistir. “Tudo, desde a primeira cena em que ela é amarrada a uma maca, é mentira.

Embora não estejam contra Saldana, a família acredita que ela não era a melhor escolha para o papél. “Há muitas atrizes negras esplêndidas que poderiam representar minha mãe mais adequadamente e levá-la para a tela com o roteiro adequado, a equipe adequada e a vontade de levar a verdade da jornada da minha mãe para as massas. E ‘Nina’, na minha opinião, não faz isso”, disse Simone Kelly.

A RLJ Entertainment, distribuidora de “Nina”, defendeu Saldana em um comunicado divulgado na quinta-feira: “Zoe Saldana entrega um tributo excepcional e hipnotizante a Nina Simone. Ela colocou seu coração e sua alma no papel e mostrou seu talento extraordinário”, disse Robert Johnson, fundador e CEO da empresa. “O mais importante é que a criatividade e a qualidade da interpretação não sejam julgados com base na cor, etnia ou semelhança física”, completou.

Nina Simone morreu em 2003, em sua casa na França, aos 70 anos, depois de devotar sua vida à luta pelos direitos civis dos negros. Esta trajetória foi retratada pelo documentário”What Happened, Miss Simone?”, lançado em 2015, com autorização da família, e indicado ao Oscar.

“Nina” ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

|

Comentários no Facebook