Stallone leva nocaute de Mark Rylance no Oscar de ator coadjuvante

Sylvester Stallone era o favorito na categoria de ator coadjuvante por reviver Rocky Balboa em "Creed: Nascido para Lutar", mas o prêmio foi para Mark Rylance, "Ponte dos Espiões". Ainda concorriam Christian Bale, "A Grande Aposta", Tom Hardy, "O Regresso", Mark Ruffalo, "Spotlight – Segredos Revelados". 

por

stalone

Sylvester Stallone era o favorito na categoria de ator coadjuvante por reviver Rocky Balboa em “Creed: Nascido para Lutar”, mas o prêmio foi para Mark Rylance, “Ponte dos Espiões”. Ainda concorriam Christian Bale, “A Grande Aposta”, Tom Hardy, “O Regresso”, Mark Ruffalo, “Spotlight – Segredos Revelados”.

O apresentador Chris Rock iniciou seu discurso com muitas piadas sobre a polêmica que dominou o Oscar deste ano, a ausência de atores negros entre os indicados. “Eu contei uns 15 negros lá fora, pelo menos. As pessoas falaram para eu largar esse trabalho. Não diga isso a um desempregado. O Oscar ia ser cancelado se eu desistisse? Não. Então…”, brincou.

Até agora, “Mad Max” lidera a premiação com seis estatuetas: mixagem de som, edição de som, edição, maquiagem, design de produção e figurino.

Para a categoria de ator principal, as expectativas estão sobre DiCaprio, que deve finalmente subir ao palco para receber o Oscar que vem sendo negado a ele há muitos anos. O protagonista de “O Regresso” é beneficiado ainda pelos concorrentes que não foram tão acolhidos pela crítica este ano, como Michael Fassbender e Eddie Redmayne.

Você também vai curtir