Retrospectiva inédita apresenta filmes dos irmãos Dardenne no Rio

Divulgação / Sony PicturesCena do filme "Ferrugem e Osso", estrelado por Marion Cotillard

por
  • Divulgação / Sony Pictures

    Retrospectiva inédita apresenta filmes dos irmãos Dardenne no RioCena do filme “Ferrugem e Osso”, estrelado por Marion Cotillard

Em cartaz no CCBB Rio, a mostra “Cinema Humanista – Irmãos Dardenne” apresenta um panorama da filmografia dos diretores, roteiristas e produtores belgas Luc Dardenne e Jean-Pierre Dardenne. Os ingressos para cada sessão custam R$4 (inteira).

Premiados com a Palma de Ouro no Festival de Cannes e considerados um dos grandes nomes do cinema contemporâneo, os irmãos Dardenne são responsáveis por filmes como o recente “Ferrugem e Osso” (2012), como produtores, “O Filho” (2002), como diretores e roteiristas, “Rosetta” (1999), “A Promessa” (1996), e tantos outros.

A programação contempla longas de ficção e documentários, curtas metragens, além de debate sobre a obra dos irmãos. Com um estilo próprio, os filmes dos irmãos Dardenne são marcados por abordar questões sociais, sempre atentos à realidade européia, e o uso da câmera muito próxima dos atores.

Confira a programação completa da mostra:

Quarta (24)
17h – “O Mundo Corre” (1987) , de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne e “Falsch” (1987), de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.
19h – Debate: Caru Alves de Souza, Eduardo Valente e Rodrigo Fonseca

Quinta (25)
17h – “A Promessa” (1996), de de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.
19h – “Rosetta” (1999), de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.

Sexta (26)
17h – “O Diário de Uma Camareira” (2015), de Benoît Jacquot.
19h – “O Silêncio de Lorna” (2008), de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.

Sábado (27)
14h – “Ferrugem e Osso” (2012), de Jacques Audiard.
16h30 – “Madonas” (2007), de Maria Speth.
19h – “O Mundo Corre” (1987), de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne, e “Falsch” (1987), de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.

Domingo (28)
15h – “A Promessa” (1996), de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.
17h – “Rosetta” (1999), de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.
19h – “Madonas” (2007), de Maria Speth.

Segunda (29)
17h – “A Linha de Frente” (2009), de Renato De Maria.
19h – “Olhe Para Jonathan/Jean Louvet, sua obra” (1983), de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.

Quarta (2)
18h – “Quando o Barco do Léon M. Desceu o rio Meuse pela Primeira” (1979), de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.
19h – “Para dar Fim à Guerra, os Muros Precisam Cair” (1980), de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.

Quinta (3)
17h30 – “R… sem Resposta” (1981), de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.
19h – “Lições de uma Universidade Voadora” (1982), de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.

Sexta (4)
17h – “Ferrugem e Osso” (2012), de Jacques Audiard.
19h30 – “O Leite do Carinho Humano” (2001), de Dominique Cabrera.

Sábado (5)
16h30 – “Quando o Barco do Léon M. Desceu o rio Meuse pela Primeira” (1979), de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.
17h30 – “Para dar Fim à Guerra, os Muros Precisam Cair” (1980), de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.
19h – “Olhe Para Jonathan/Jean Louvet, sua obra” (1983), de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.

Domingo (6)
15h30 – “A Linha de Frente” (2009), de Renato De Maria.
17h30 – “R… sem Resposta” (1981), de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.
19h – “Lições de uma Universidade Voadora” (1982), de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.

Segunda (7)
17h – “O Diário de Uma Camareira” (2015), de Benoît Jacquot.
19h – “Leite do Carinho Humano” (2001), de Dominique Cabrera.

Serviço
Cinema Humanista – Irmãos Dardenne
Quando:
até 7 de março de 2016.
Onde: CCBB Rio – Rua Primeiro de Março, 66 – Centro.
Quanto: R$4 (inteira).
Mais informações: http://culturabancodobrasil.com.br

 

Você também vai curtir