Prévia aponta que Oscar teve a pior audiência dos últimos oito anos nos EUA

De acordo com números prévios divulgados pela Nielsen, o Oscar de 2016 teve queda em sua audiência e registrou o pior número dos últimos oito anos.

por

CAPA

De acordo com números prévios divulgados pela Nielsen, o Oscar de 2016 teve queda em sua audiência e registrou o pior número dos últimos oito anos..

Transmitida pelo canal ABC, a cerimônia apresentada por Chris Rock e cercada pela polêmica da falta de negros entre os indicados registrou números 6% mais baixos que a do ano passado (37,2 milhões) e 16% menores que a da melhor transmissão dos últimos dez anos, em 2014 (43,7 milhões).

Os números da 88ª Cerimônia do Oscar só não são menores do que os registrados em 2008, quando Jon Stewart comandou a festa que atraiu 32 milhões de telespectadores nos Estados Unidos, de acordo com a Nielsen.

Os números consolidados deste ano serão divulgados ainda nesta terça (29), mas a expectativa é de que 34 milhões tenham acompanhado Leonardo DiCaprio levando sua primeira estatueta para casa.

Mesmo com a queda de audiência em comparação aos anos anteriores, o Oscar continua sendo o evento não esportivo mais visto da televisão americana. O Grammy – maior premiação da indústria musical – registrou 25 milhões de telespectadores nos Estados Unidos no último dia 15 deste mês, por exemplo. Um número quase 10 milhões abaixo do que a maior premiação do cinema.

Vale lembrar que a cerimônia deste ano sofreu boicotes importantes como o do casal de atores Will Smith e Jada Pinkett Smith, o diretor Spike Lee e a atriz Lupita Nyong’o, que levou a estatueta de melhor atriz coadjuvante em 2014 por “12 Anos de Escravidão”.

O apresentador Chris Rock, que é negro, abriu a cerimônia com um longo discurso sobre a falta de diversidade racial entre os indicados e fez diversas piadas polêmicas sobre o tema durante a premiação.

Você também vai curtir