Iozzi critica capas de revistas e pede menos “photoshop e mais culote”

André Lobo/UOLIozzi faz críticas a capas de revistas e pede menos photoshop e mais culote Monica Iozzi fez duras críticas ao surrealismo provocado pelas capas de revistas e pediu "menos photoshop e mais culote" nas publicações. A declaração da apresentadora, jornalista e atriz ocorreu durante o "Vídeo Show" desta quinta-feira (7). Ela preparou ainda uma montagem para provar que a expectativa de uma capa de revista nem sempre condiz com a realidade.

"Posso fazer um adendo? Você já notou essa coisa das capas de revista? Gente, não pirem nas revistas. Todo mundo produzido fica bonito. Menos photoshop e mais culote, e está tudo certo", disse ela, que acrescentou em seguida preferir "ter celulite do que ter que tomar sheik de batata doce".

por
  • André Lobo/Popzone

    Iozzi critica capas de revistas e pede menos "photoshop e mais culote"Iozzi faz críticas a capas de revistas e pede menos photoshop e mais culote

Monica Iozzi fez duras críticas ao surrealismo provocado pelas capas de revistas e pediu “menos photoshop e mais culote” nas publicações. A declaração da apresentadora, jornalista e atriz ocorreu durante o “Vídeo Show” desta quinta-feira (7). Ela preparou ainda uma montagem para provar que a expectativa de uma capa de revista nem sempre condiz com a realidade.

“Posso fazer um adendo? Você já notou essa coisa das capas de revista? Gente, não pirem nas revistas. Todo mundo produzido fica bonito. Menos photoshop e mais culote, e está tudo certo”, disse ela, que acrescentou em seguida preferir “ter celulite do que ter que tomar sheik de batata doce”.

Na semana passada, Ana Hickmann já havia reclamado por meio das redes sociais, depois de ter sido mais uma vítima do exagero dos recursos de edição de imagem na capa da revista “Claudia”, nas bancas de dezembro.

Na imagem, a apresentadora aparece com a boca, bochechas e olhos modificados. Incomodada, Ana mostrou sua insatisfação com um comentário no post da publicação que divulgava a edição. “Gente, essa não sou eu”, escreveu.

Você também vai curtir