TOPO

Grammy 2016: Veja as nossas apostas para os principais indicados

por Marta Lima / Publicado em domingo, 06 dez 2015 12:00 PM / / 463 views

Taylor Swift e Mark Ronson estão entre os grandes favoritos

Taylor Swift

Depois de um ano cheio de hits e álbuns grandiosos, chegou a época em que todos os artistas esperam ansiosos para ver se seu trabalho será reconhecido. As indicações para a 58ª edição do Grammy Awards, a festa anual mais prestigiada da música, serão reveladas amanhã (7) durante um evento ao vivo.

Como também não aguentamos de ansiedade, preparamos uma lista com os nomes mais cotados para serem indicados às principais categorias, incluindo “Canção do Ano”, “Gravação do Ano”, “Artista Revelação” e “Álbum do Ano”.

Confira abaixo nossas apostas:

Álbum do Ano

Taylor Swift
1989

Não é segredo para ninguém que 2015 foi o ano de Taylor Swift; a não ser que viva dentro de uma caverna, qualquer ser humano ouviu os hits do álbum “1989” o ouviu falar do sucesso estrondoso do material. Como o primeiro single “Shake It Off” foi indicado em três categorias na edição passada e todos os seus álbuns são indicados na categoria desde “Fearless” (que ganhou em 2010), o lugar de “1989” entre os cinco concorrentes está garantido.

To Pimp A Butterfly“, do rapper Kendrick Lamar, também é aposta certa para a categoria. Além de incluir a “Melhor Canção de Rap” “I“, vencedora na edição passada, o material ainda trouxe uma discussão importante sobre racismo e privilégio, e foi aclamado pela crítica.

Sound + Color” do Alabama Shakes e “Black Messiah” de D’Angelo também são fortes candidatos, sendo alguns dos queridinhos da crítica especializada no último ano. Não somente, ambos os álbuns estrearam em primeiro lugar nos Estados Unidos.

Fechando a categoria, “Beauty Behind The Madness” de The Weeknd é uma aposta segura; o disco disparou hit atrás de hit nas paradas internacionais, contou com participação de queridinhos do Grammy (Ed Sheeran e Lana Del Rey) e ainda recebeu boas críticas. Senão, “How Big, How Blue, How Beautiful” de Florence And The Machine pode fisgar a última vaga para ser nomeado “Álbum do Ano”.

Possíveis Surpresas:Before The World“, de James Taylor; “E.MO.TION“, de Carly Rae Jepsen; “If You’re Reading This It’s Too Late“, de Drake; “Uptown Special“, de Mark Ronson.

Canção do Ano

Taylor Swift

Um dos concorrentes mais fortes a este prêmio seria a balada “Thinking Out Loud“, de Ed Sheeran; no entanto, a canção foi lançada em junho de 2014, o que a deixa fora do prazo estipulado pelo comitê do Grammy (de 30 de setembro de 2014 a 30 de setembro de 2015). Apesar disto, as regras não são totalmente claras, possibilitando a indicação da música.

Blank Space“, o maior hit do álbum “1989” de Taylor Swift, foi bastante aclamada pela crítica; a cantora chegou a receber o Billboard Award de “Melhor Composição” pela faixa em abril deste ano.

Apesar de ter quatro nomes creditados (o comitê não costuma dar o prêmio de composição para canções com muitos escritores), “Uptown Funk (Feat. Bruno Mars)” de Mark Ronson e Bruno Mars é uma forte concorrente à categoria, tendo se tornado um fenômeno da cultura pop em 2015; o mesmo ocorre para “FourFiveSeconds (feat. Kanye West, Paul McCartney)“, hit de Rihanna em parceria com Kanye West e Paul McCartney.

The Hills“, uma das composições mais afiadas do pop este ano, tem grandes chances de entrar na corrida, assim como o maior sucesso country de 2015, “Girl Crush“, do Little Big Town.

Possível surpresa:Fight Song“, de Rachel Platten.

Gravação do Ano

Mark Ronson

Como esta categoria premia os produtores, músicos e vocalistas das canções, a colaboração de Mars e Ronson, “Uptown Funk (Feat. Bruno Mars)“, tem sua posição praticamente garantida. O sucesso foi uma das músicas mais contagiantes do último ano, e caiu nas graças do público por todo o mundo.

Blank Space” de Taylor Swift pode aparecer novamente, principalmente por conter o “toque mágico” de Max Martin e Shellback; o mesmo se aplica a “Can’t Feel My Face“, de The Weeknd, outra aposta bastante segura para a categoria.

Girl Crush” do Little Big Town também pode aparecer nesta categoria, como representante da comunidade country americana; “Shut Up and Dance” do Walk The Moon é também uma forte aposta, tendo alcançado grande sucesso nas rádios do país, representando o gênero alternativo.

Possíveis surpresas:Thinking Out Loud“, de Ed Sheeran; “See You Again (Feat. Charlie Puth)“, de Wiz Khalifa; “Fight Song“, de Rachel Platten.

Artista Revelação

Hozier

A categoria mais traiçoeira do Grammy, raramente é possível acertar completamente os artistas indicados. A regra é clara: só podem concorrer artistas e bandas que lançaram seu álbum de estreia no período elegível do ano. Por esta razão, Meghan Trainor e Hozier ficaram de fora na edição deste ano (“Title“, de Meghan, foi lançado em janeiro deste ano, enquanto “Hozier” chegou às lojas em outubro de 2014, uma semana após o encerramento do prazo).

No entanto, ambos os músicos têm chances de concorrer em 2016: os dois continuam nomes fortes no cenário musical, com discos que foram bem sucedidos.

Sam Hunt é nome quase certo na categoria, representando o gênero country; o cantor ganhou o troféu de “Artista Revelação” em praticamente todas as premiações de 2015.

Os dois últimos lugares da categoria são bastante incertos. Nomes como Tori Kelly e o Leon Bridges são fortemente cotados, mas ainda há nomes como Fetty Wap e Shawn Mendes, que trouxeram alguns dos maiores hits de 2015.

Possíveis surpresas: James Bay, Chris Stapleton, Rachel Platten.

Você concorda com as nossas apostas? Fique ligado no Popzone para a cobertura completa da premiação!

|

Comentários no Facebook