Conheça Tori Kelly, uma das maiores revelações do pop em 2015

@ToriKelly AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAJSUWJDBSNAKSNNSDBSBSHWJQKSNSHWHUWUWUWOHAISUWJDKDNDBSNHAISUWOQKMQSBDHJWIWODLDKDBDJDJEJEKWKWKIQHQHWJW

por

Cantora-compositora abre seu espaço entre os maiores nomes da música

Tori Kelly

Victoria Loren Kelly, ou Tori Kelly, sempre teve força de vontade para lutar pelos seus sonhos. Tendo descoberto bem cedo que queria seguir carreira como cantora, com apenas 12 anos participou de seu primeiro show de talentos, o “America’s Most Talented Kids”. E ganhou.

Alguns anos depois, Kelly fez uma audição no reality show “American Idol”, e apesar de passar para a “Semana de Hollywood”, a cantora não conseguiu uma vaga entre os 24 artistas que se apresentariam nos shows ao vivo. “Eu fiquei devastada, mas dei o meu melhor”, refletiu a loira sobre a participação no programa.

Incansável, a rejeição a deu o empurrão para tentar a sorte sozinha. Sem a ajuda de ninguém, a americana compôs, gravou e produziu seu EP de estreia, intitulado “Handmade Songs By Tori Kelly” (“Canções Feitas À Mão Por Tori Kelly”). Tudo isto no quarto de sua casa. O mini álbum incluiu seis músicas, e chegou a vender 14 mil cópias nos Estados Unidos, mesmo lançado de maneira independente.

A cantora passou 2012 inteiro promovendo as faixas do EP e publicando covers acústicos no Youtube; o bastante para chamar a atenção do empresário Scooter Braun, famoso por gerenciar a carreira de Justin Bieber. A artista assinou com Braun imediatamente após ser descoberta, e este a levou até a Capitol Records.

“Eles eram fãs, e realmente me entenderam”, disse a estrela sobre os responsáveis por sua entrada na gravadora. O primeiro lançamento de Kelly sob o selo da Capitol ocorreu em outubro de 2013: o segundo EP de sua carreira, “Foreword“. Novamente, todas as músicas do projeto foram compostas pela loira, incluindo o single “Dear no One“.

A partir daí, a carreira de Tori realmente começou a alavancar. A artista foi escolhida para abrir os shows de Ed Sheeran no Madison Square Garden, em Nova Iorque, em 2013, e também foi convidada da turnê “Lonely Hour UK Tour”, de Sam Smith, em 2014.

Com seu violão e melodias doces, a americana utilizou sua voz potente para conquistar um espaço que a estava esperando há muito tempo. Única, a cantora trouxe à indústria musical a esperança de que nem todas as estrelas do pop têm que se vestir da mesma maneira e cantar músicas com batidas eletrônicas e coreografia.

Sua autenticidade ficou clara em “Unbreakable Smile“, seu álbum de estreia, que mesmo com o auxílio de produtores e compositores de peso como Max Martin e Toby Gad, não perdeu a essência do que a tornou especial. Evidência disso foi o carro-chefe “Nobody Love“, a primeira aparição da loira na Billboard Hot 100, a parada de singles dos EUA.

Com o sucesso da música, o material chegou à segunda posição do ranking de discos mais vendidos do país em sua semana de estreia, em junho de 2015. A crítica foi favorável ao álbum, e seu segundo single, “Should’ve Been Us“, disparou nas rádios americanas. Um hit imediato, levou Kelly a se apresentar em premiações concorridas, como o Video Music Awards da MTV (no qual a estrela roubou a cena, segundo a mídia estrangeira).

E este é apenas o começo para a artista, que recebeu uma indicação ao Grammy 2016 na prestigiada categoria “Artista Revelação”. A reação da loira, sempre humilde, ao anúncio de que estava concorrendo ao gramofone, foi a prova de que talento e perseverança formam uma combinação imbatível.

@ToriKelly AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAJSUWJDBSNAKSNNSDBSBSHWJQKSNSHWHUWUWUWOHAISUWJDKDNDBSNHAISUWOQKMQSBDHJWIWODLDKDBDJDJEJEKWKWKIQHQHWJW

— Tori Kelly (@ToriKelly) 7 dezembro 2015


Veja letras, traduções e muito mais de Tori Kelly no Popzone!

Você também vai curtir