TOPO

Os Dez Mandamentos – terá menos ação e mais história, diz autora

por Redação / Publicado em quarta-feira, 18 nov 2015 14:07 PM / / 1201 views

dezSem a exuberância dos figurinos e cenários egípcios e os efeitos especiais vistos nas dez pragas e na abertura do Mar Vermelho, a segunda temporada de “Os Dez Mandamentos” será focada na peregrinação dos hebreus pelo deserto. Além de Moisés (Guilherme Winter), todo o elenco principal será mantido. Arão (Petrônio Gontijo), Miriã (Larissa Maciel), Josué (Sidney Sampaio) e Calebe (Rodrigo Vidigal) são alguns dos ex-escravos com retorno garantido.

“Ainda tem muitas coisas para acontecer, a partir do momento que os hebreus chegam ao deserto tem outros eventos. Talvez surjam novos personagens para sustentar os 50 capítulos, mas tenho como base os eventos da Bíblia”, conta a autora Vivian de Oliveira .

Para dar conta do trabalho, Vivian conta com uma equipe de cinco colaboradores, além de uma pesquisadora e dois historiadores. Fiel ao propósito de retratar com fidelidade o que está escrito na Bíblia, Vivian diz que seu “esforço criativo” se revela nas tramas paralelas, quando ela se permite inventar personagens, como foi o caso da vilã Yunet (Adriana Garambone), apontada como um dos grandes acertos da novela.  Algo que ela deve repetir.

“O que está na Bíblia, eu respeito, mas eu crio no entorno. Não pode ter pudores ou a história não funciona. São esses personagens [paralelos à história da Bíblia] que movimentam a trama principal”, afirma.

A escritora revela ter ficado surpresa com a encomenda da Record para uma segunda temporada, mas afirma estar satisfeita em poder transpor mais histórias da Bíblia para a TV. “No começo foi um susto, depois assimilei”, diz.

Ainda ocupada com os retoques do capítulo final da primeira temporada, que vai ao ar na próxima segunda-feira (23), Vivian deve adiar as férias para janeiro com objetivo de já preparar a sequência.

Com apenas um esboço dos eventos bíblicos que pretende narrar em mãos, a autora adianta que a segunda temporada não deve ter “um chamariz” como as pragas do Egito e a abertura do Mar Vermelho. “Tem eventos, mas nada tão grandioso e espetacular”, conta. “Mas o que eu acho é que só o evento pelo evento não segura uma boa novela, precisa ter uma boa história”, completa.

Ainda sem previsão de estreia, a segunda temporada de “Dez Mandamentos” já está em fase de pré-produção, conta Alexandre Avancini, o diretor. “Além de novos personagens, já adianto que teremos novos figurinos e cenários, mas a essência é a mesma. É uma sequência imediata, sem passagem de tempo, começa imediatamente de onde pararmos a primeira”, diz.

|