Músico independente: saiba como escolher bem a sua música de trabalho!

por

Smiley

A escolha da música de trabalho é uma das etapas mais importantes para um músico independente, ou mesmo um já estabelecido, já que ela funciona como uma carta de intenções para que as pessoas possam saber o que esperar do artista

Se os artistas grandes contam com o suporte das gravadoras, e todo o seu departamento de mídia e marketing na hora de fazer essa escolha, o independente precisa se esforçar um pouco mais para tomar a decisão certeira. Nessa hora, é bom contar com a opinião dos amigos, sentir a reação das canções no shows ou até mesmo contratar um profissional da área para isso.

O que não costuma dar nada certo é decidir isso de forma solitária e/ou autoritária. Assim, para quem tem banda, é fundamental discutir bastante esse assunto com todos integrantes para se chegar a um consenso. Mas, no final, a regra é bastante simples: é preciso escolher a música que mais tem potencial de agradar os mais diversos tipos de ouvido e que ela seja representativa do seu trabalho como um todo.

Também é bom lembrar que os hábitos do público estão sempre mudando, e é preciso fisgar o ouvinte logo nos primeiros segundos, sob o risco de perdê-lo para sempre. Portanto, escolher uma música que se possível tenha um início potente, inovador ou fora do comum, certamente será de grande ajuda para ajudar a sua carreira a deslanchar.

Resumindo, o ideal é escolher as quatro ou cinco músicas que você mais acredita ter potencial de fazer sucesso ou de conquistar fãs para o seu trabalho. Depois é apresentá-las para um número considerável de pessoas e abrir uma votação.

Texto escrito em parceria com a Pro Play

O Prêmio Popzone Artistas Independentes 2016 vem aí para dar uma força para os artistas que ainda não têm uma gravadora. Fique ligado!

Você também vai curtir