Black Sabbath tinha vários riffs para novo álbum que nunca serão usados

por

Black Sabbath
Tony Iommi, Ozzy Osbourne e Geezer Butler

Tony Iommi, o guitarrista do Black Sabbath, falou que compôs muitos riffs para o disco da banda que, até segunda ordem, não irá mais ser feito. Como se sabe, os três membros da formação original que seguem na banda tinham planos de gravar mais um álbum – o sucessor de “13” (2013) – mas no final ficou decidido que eles fariam apenas uma turnê de despedida, e o tal novo trabalho acabou abandonado.

Iommi

Iommi disse que compôs várias partes de guitarra – na banda, a sua função sempre foi a de dar a partida para uma nova composição com seus riffs – e que houve um encontro entre ele, o baixista Geezer Butler e o vocalista Ozzy Osbourne em Los Angeles para a criação de novas músicas.

Falando para a revista britânica Q, Tony revela que Butler, foi o que se mostrou menos propenso a gravar um novo disco, o que levou ao seu cancelamento definitivo.

Isso não significa necessariamente que os fãs nunca mais irão escutar uma nova música dos pioneiros do heavy metal. Iommi disse que foram gravadas 16 faixas para “13”, o primeiro álbum que ele fez ao lado de Ozzy em 25 anos, mas que apenas 12 delas foram lançadas. Ele disse que esse material poderá ser lançado em algum momento.

Dessa forma, o Sabbath cairá na estrada apenas com os seus clássicos no repertório. A turnê começará no dia 20 de janeiro em Omaha nos EUA.

Curta os grandes clássicos do Black Sabbath aqui no Popzone!

Você também vai curtir