Apresentador da Globo se revolta após exibir flagrantes de roubos no Brás

Reprodução/TV GloboApresentador da Globo se revolta após exibir flagrantes de roubos no Brás

por
  • Reprodução/TV Globo

    Apresentador da Globo se revolta após exibir flagrantes de roubos no BrásApresentador da Globo se revolta após exibir flagrantes de roubos no Brás

O jornalista César Tralli se revoltou, saiu do script e fez um longo desabafo na edição do “SPTV”, nesta quinta-feira (19), depois de exibir o flagrante de um homem sendo atacado por supostos ladrões no Brás, região central de São Paulo.

Nas imagens, o rapaz –não identificado– é covardemente agredido por um grupo de seis homens com chutes, socos, pontapés e rasteiras. A agressão aconteceu no meio da rua, a cerca de 50 metros de distância de uma base policial, o que revoltou ainda mais o apresentador da emissora.

“Dá raiva, né? Um sentimento de humilhação total. Você vê que é um território livre dos ladrões. Eles fazem o que querem. Se você vai la´, alerta, faz alguma coisa, ainda apanha e sofre todo tipo de agressão. Governador, prefeito, secretário de Segurança deveriam sentir vergonha quando assistem a esse tipo de imagem. Todo mundo lava as mãos, ninguém faz nada pela população”, disse Tralli.

“Do que adianta você ter PM de braço cruzado, enquanto ladrão está roubando todo mundo do outro lado da rua. Dá raiva, gente, dá muita raiva”, encerrou o desabafo.

Após a divulgação das imagens, a Polícia Militar anunciou a prisão de dez adultos (sendo quatro mulheres) e a apreensão de dois adolescentes. Um dos grupos, que é conhecido na região como “gangue das bonitonas”, não foi desmantelado pela operação e, portanto, continua agindo nas ruas.

Você também vai curtir