TOPO

Parabéns, John Mayer! Comemore o aniversário do cantor relembrando dez hits de sua carreira

por Marta Lima / Publicado em sexta-feira, 16 out 2015 16:00 PM / / 177 views

Músico completa 38 anos nesta sexta-feira (16)

John Mayer

John Mayer nasceu em 16 de outubro de 1977 em Bridgeport, Connecticut, e desde muito cedo sabia que passaria uma vida toda trabalhando com música.

Sua paixão pela guitarra, seu instrumento principal, nasceu depois de assistir à performance de Marty McFly (Michael J. Fox) no filme “De Volta Para O Futuro”. Foi conhecendo o blues de Stevie Ray Vaughan, seu maior ídolo, que Mayer mergulhou em sua prática musical e decidiu tornar o amor por tocar e compor em carreira.

Muitos anos, altos e baixos, e sucessos depois, pode-se relembrar sua trajetória através de seus inúmeros hits e conceituados álbuns. Celebre o aniversário do músico com 10 de suas canções mais populares abaixo:

No Such Thing” (“Room For Squares“)

O single de estreia do cantor foi enviado às rádios em fevereiro de 2002, e imediatamente causou um grande impacto na parada dos Estados Unidos. Antes mesmo do lançamento do álbum pelo selo da Columbia, a canção chegou à 13ª posição da Billboard Hot 100, e permaneceu a faixa mais popular do músico no país até “Say“, de 2007.

Your Body Is A Wonderland” (“Room For Squares“)

O sucessor de “No Such Thing” na divulgação do disco de estreia de John foi ainda mais marcante nas paradas, e levou o americano ao sucesso internacional. Composta sobre a primeira namorada do cantor, a faixa foi seu segundo single top 20 na Hot 100 e rendeu o seu primeiro Grammy em 2003, por “Melhor Performance Vocal Pop”.

Daughters” (“Heavier Things“)

Mesmo depois de presenciar todo o sucesso da faixa e de receber o Grammy de “Canção do Ano” pela composição, John não deu o braço a torcer e provavelmente até hoje acha que a canção não deveria ter sido lançada como música de trabalho. “Ainda acho que não serve como single”, declarou o músico em seu discurso de agradecimento no Grammy de 2005. No entanto, o público e a crítica internacional discordaram: a música chegou ao primeiro lugar da parada Billboard Adult Pop Songs e ao top 20 da Hot 100.

Waiting On The World To Change” (“Continuum“)

O carro-chefe do terceiro disco do músico foi bem recebido ao redor do mundo, abrindo espaço para o álbum que marcaria a carreira de John para sempre. Além de receber o Grammy de “Melhor Performance Vocal Pop Masculina” em 2007, a canção foi parar no top 15 norte-americano, ganhando ainda um remix em parceria com Ben Harper.

Gravity” (“Continuum“)

É claro que o álbum mais bem-sucedido do músico traria também o maior número de hits; depois da animada “Waiting On The World To Change“, foi a vez da esperançosa “Gravity“, que segundo John, foi a música mais importante que já havia escrito em sua vida. “É uma música sobre se certificar de que ainda ama a si mesmo, e manter a cabeça erguida. Eu preciso disso sempre, pois é mais fácil estragar tudo do que permanecer aqui”, declarou o artista durante um show em 2007. A música não causou muito impacto nas paradas, mas recebeu o Grammy de “Melhor Performance Masculina de Rock” em 2009.

Say” (“Continuum“)

Composta originalmente para os créditos do filme “Antes de Partir” de 2007, a faixa acabou integrando o relançamento do álbum “Continuum” no ano seguinte, e se tornou o maior sucesso do cantor nos Estados Unidos. Presente também na trilha sonora de filmes como “Karate Kid” e séries como “Glee”, a canção recebeu em 2009 o Grammy de “Melhor Performance Vocal Pop Masculina”.

Who Says” (“Battle Studies“)

O quarto disco do artista foi introduzido com polêmica: apesar de ser recebido pela crítica americana com reações mistas por causa da frase de abertura (“quem disse que eu não posso ficar chapado?”), o carro-chefe de “Battle Studies” acabou “virando” e chegou ao top 20 da Hot 100, como a maioria dos singles do cantor.

Heartbreak Warfare” (“Battle Studies“)

A segunda música de trabalho do material teve recepção mais favorável, e obteve grande sucesso internacional. Apesar de chegar apenas ao top 40 da parada americana, emplacou em vários países da Europa e chegou a receber certificado de ouro na Austrália. A canção ainda foi incluída na trilha sonora do filme “Uma Noite Fora de Série”, estrelado por Steve Carell e Tina Fey, de 2010.

Shadow Days” (“Born And Raised“)

Depois de passar anos recluso em seu recém comprado rancho no estado de Montana, nos Estados Unidos, John decidiu retornar ao cenário musical com um visual e sonoridade repaginados. Optando por um estilo mais folk, a primeira música liberada do quinto álbum foi também um pedido de desculpas do cantor pelo seu comportamento no passado, que fez a mídia se voltar contra sua carreira e vida pessoal. Como sua imagem ainda estava manchada, a faixa nem entrou para o top 40 da Billboard, mas chegou a figurar na segunda posição da parada Adult Alternative Songs.

Who You Love (Feat. Katy Perry)” (“Paradise Valley“)

A canção mais bem-sucedida do sexto álbum do músico é também sua parceria com Katy Perry, a romântica balada sobre amar a quem quiser, não importa o que digam. Em 2013, quando o disco foi lançado, o cantor ainda enfrentava certo preconceito da mídia, mas ainda assim a colaboração figurou próxima do top 40 da Hot 100 e recebeu elogios da crítica internacional.

Comemore o aniversário de John Mayer em sua página no Popzone!

|

Comentários no Facebook