A Fazenda 8 – Segundo eliminado do reality, Edu K dá entrevista para o “Hoje em Dia”

Reprodução/TV Record Segundo eliminado de "A Fazenda 8", o músico Edu K disse na manhã desta quinta-feira (9) que considera Mara Maravilha uma "baita jogadora" e uma das "favoritas" ao prêmio máximo do reality show da Record.

por

A Fazenda 8

Segundo eliminado de “A Fazenda 8”, o músico Edu K disse na manhã desta quinta-feira (9) que considera Mara Maravilha uma “baita jogadora” e uma das “favoritas” ao prêmio máximo do reality show da Record.

“Eu acho porque a Mara é uma baita jogadora. Eu acho [que ela está jogando o tempo todo]. As pessoas falam ‘a Mara é maluca, a Mara é maluca’, que nada, mas ela sabe o que está fazendo. Ela teve muitos momentos em que armou muita coisa, ficou em cima do muro, esperando e conseguiu”, avaliou durante entrevista ao “Hoje em Dia”. “É muito cedo para dizer quem é favorita, mas eu acho, sim, a Mara e o Thiago são favoritos”, completou.

Na noite desta quinta-feira (8), Mara Maravilha recebeu a maioria dos votos e Edu K foi o escolhido pelo público para deixar o programa.

Apesar de ter protagonizado inúmeras brigas com os outros competidores durante a semana, a cantora conquistou a preferência do público e derrotou Edu K, que deixou o programa. Ao conquistar 57,8%, a cantora garantiu sua permanência no reality show e continua na disputa pelos R$ 2 milhões.

Com a saída de Edu, a equipe Machado passa a ter dois integrantes a menos que a equipe Serrote.

A edição ao vivo evidenciou a personalidade irreverente de Edu K, que foi apelidado de “desKarado”. Nas cenas escolhidas, o peão falava muitos palavrões e mostrava seu jeito brincalhão e irônico de ser.

Já em relação a Mara Maravilha, o foco foi a instabilidade emocional da cantora. “Ela briga, depois abraça. Ela reclama, depois ela canta. Mara é ‘de Lua’ e muda de fase a todo momento”, disse Roberto Justus no começo do programa ao vivo.

Justs deu 30 segundos para cada um dos peões dizer por que mereciam continuar no programa. “Eu sou cantor, músico, DJ e compositor há mais de 30 anos, mas o grande público ainda não me conhece. Eu sou um cara de banda, mas faço música e quero que as pessoas me conheçam”, justificou Edu K.

Ao defender sua permanência, Mara Maravilha contou seus planos para o prêmio: “Eu quero [vencer], como todo mundo. Eu também preciso. Eu sei o que é ter fama, mas eu também sei o que é perder a fama. Eu quero ganhar para ajudar a minha família. Para ajuda o Retiro dos Artistas. Para lançar meu orfanato, eu amo crianças. Tenho plano de ser mãe no ano que vem. Quero porque amo os animais e tenho aprendido muito, sei que sou uma pessoa difícil”.

Como de costume, o apresentador fez duas perguntas aos roceiros. A primeira delas era: “Quais são as principais qualidades do seu oponente?”. “A Mara tem uma vivência gigantesca, nós temos a mesma idade. Acho que ela tirou muita coisa desses embates todos. [As brigas são] uma questão do confinamento, da loucura que vai se instaurando na nossa cabeça. Aqui, esses conflitos se amplificam. As coisas ficam mais pesadas. A teimosia é a maior qualidade dela”, respondeu o peão, sem, de fato, destacar uma qualidade da cantora.

Ao contrário de Edu, Mara Maravilha foi bastante generosa com o colega: “Ele tem a personalidade forte. É um rapaz bonito. Acho ele muito inteligente e talentoso. Nós conversamos sobre música. Ele é um ótimo músico, arranjador. O Brasil merece conhecer o talento dele. E ele é sincero. Acho que a nossa sinceridade incomoda”. “Mas ele não lida bem com os cavalos”, disse Mara arrancando risadas de Edu K.

A segunda pergunta de Roberto Justus para os roceiros foi: “Entre os peões que ficaram na sede, quem deveria estar duelando com você?”. “Ninguém. Está bem certo ser eu e a Mara”, respondeu o cantor. Justus insistiu, mas Edu foi enfático: “Justus, não adianta. Não é questão de fugir. Eu acho que está certo [eu] estar aqui”.

O apresentador, então, fez a mesma pergunta à Mara, que respondeu: “Eu escolheria até dois. Poderia ser a Rebequinha ou o Douglinhas”.

Você também vai curtir