GfK passa a medir audiência de TV no Brasil e quebra monopólio do Ibope

DivulgaçãoLogo da GfK A partir desta quinta-feira (1º), o Ibope deixará de ser a única empresa a medir a audiência dos programas da TV brasileira. O instituto de pesquisas alemão GfK também passará a medir o desempenho dos programas da TV aberta e da TV paga entre o público em 15 regiões metropolitanas brasileiras.

por
  • Divulgação

    GfK passa a medir audiência de TV no Brasil e quebra monopólio do IbopeLogo da GfK

A partir desta quinta-feira (1º), o Ibope deixará de ser a única empresa a medir a audiência dos programas da TV brasileira. O instituto de pesquisas alemão GfK também passará a medir o desempenho dos programas da TV aberta e da TV paga entre o público em 15 regiões metropolitanas brasileiras.

Para medir os resultados de audiência, o GfK montou um painel com mais de 6 mil domicílios, distribuídos nas classes de A a E – e incluindo aqueles localizados em comunidades. O processo para compor o painel contou com 67 mil entrevistas realizadas ao longo de seis meses, e a empresa estima que deva realizar mais 25 mil a cada ano para manter o painel atualizado.

Diferentemente do Ibope, o GfK divulgará dados de audiência também aos fins de semana – e os resultados consolidados (ou seja, definitivos), serão entregues às emissoras todos os dias, na parte da manhã.

Os resultados do GfK chegam na mesma semana em que o Ibope passa a divulgar publicamente números de audiência por dia e por semana – informação que antes não era divulgada por questões contratuais. A assessoria da imprensa do GfK já adiantou que a empresa não divulga esses dados para jornalistas por conta de seus contratos.

Por enquanto, só Record, SBT e RedeTV têm contrato fechado com a empresa alemã. A Band chegou a anunciar que integraria esse grupo, mas depois se retirou.

Resultados diferentes

De acordo com dados divulgados pelo colunista  Ricardo Feltrin, a GfK aponta que tanto Record quanto SBT têm audiências maiores do que as registradas pelo Ibope, ainda que a Globo continue como líder isolada.

Resultados da empresa alemã mostram que o SBT, por exemplo, tem mais audiência matinal e à tarde, enquanto a Recor d tem mais público à tarde e à noite. Segundo fontes ouvidas pelo colunista, isso pode indicar que a metodologia da GfK seja mais precisa do que a do Ibope.

Você também vai curtir