TOPO
Sem categoria

Festival de Toronto começa nesta quinta com a exibição de “Demolition”

por Bibi Toledo / Publicado em quinta-feira, 10 set 2015 06:08 AM / / 475 views
  • Divulgação

    Festival de Toronto começa nesta quinta com a exibição de "Demolition"O ator Jake Gyllenhaal em cena no filme “Demolition”

A 40ª edição do Festival Internacional de Cinema de Toronto (TIFF, na sigla em inglês) vai começar nesta quinta-feira (10) e vai até o dia 20, no Canadá.

O filme “Demolition”, do diretor Jean-Marc Vallée vai abrir o festival. O longa tem no elenco os atores Jake Gyllenhaal, Naomi Watts e Chris Cooper. O enredo fala sobre um investidor que vê a sua vida mudar após perder a mulher em um acidente de carro.

O festival ganhou a fama de apontar os vencedores do Oscar, já que nos últimos anos, os títulos eleitos por votação popular foram premiados pela Academa, como “O Jogo da Imitação” (2014), “12 Anos de Escravidão” (2013) e “O Lado Bom da Vida” (2012).

Na sexta-feira (11) será exibido “Perdido em Marte”, uma ficção científica dirigida por Ridley Scott, que conta a história de um astronauta (Matt Damon) que é abandonado em Marte e tem que sobreviver no planeta enquanto aguarda o resgate.

Também na sexta, será exibido a co-produção entre o Brasil e Canadá “Zoom”, dirigido por Pedro Morelli, com Gael García Bernal, Alison Pill e Mariana Ximenes no elenco. O título, no entanto, está em uma seleção paralela e não na principal.

Outros dois filmes brasileiros também serão exibidos no festival. O primeiro é “Campo Grande”, no sábado. O trabalho tem direção de Sandra Kogut e acompanha uma mulher de classe média que repentinamente fica responsável por duas crianças carentes.

O segundo é “Boi Neon”, na segunda-feira (14), que ja foi exibido no Festival de Veneza deste ano. O título acompanha a história de um vaqueiro, vivido pelo ator Juliano Cazarré.

Os outros destaques do festival estão os títulos “Freeheld”, com Julianne Moore e Elen Page em uma história sobre a luta de lésbicas pelos mesmos direitos em relação a pensões; o documentário “Keith Richards: Under the Influence”, sobre o guitarrista dos Rolling Stones e, por fim, o polêmico “Stonewall”, de Roland Emmerich.

Antes mesmo de estrear, “Stonewall” motivou a criação de um abaixo assinado e um pedido de boicote da comunidade gay nos Estados Unidos por não retratar de maneira correta o protagonista da história. O filme conta as histórias dos confrontos de Stonewall, na década de 70, pela luta dos direitos gays em Nova York.

 

|

Comentários no Facebook