TV Cultura continua a exibir “Viola, Minha Viola” e “Provocações”

Beatriz Amendola/UOL10.ago.2015 – Funcionários da TV Cultura, ex-funcionários e fãs do "Viola, Minha Viola" se reúnem em protesto em defesa da emissora, em São Paulo

por

TV Cultura continua a exibir "Viola, Minha Viola" e "Provocações"

10.ago.2015 – Funcionários da TV Cultura, ex-funcionários e fãs do “Viola, Minha Viola” se reúnem em protesto em defesa da emissora, em São Paulo

A TV Cultura confirmou, através de um comunicado enviado à imprensa nesta quarta-feira (12), que “por reconhecer a importância do ‘Viola, Minha Viola’ e do ‘Provocações’ na história da TV brasileira, e respeitar o público que os acompanhou por tantos anos, continuará a exibir os dois programas”.

Com problemas financeiros na casa dos R$ 10 milhões, segundo o presidente Marcos Mendonça, a emissora demitiu em julho cerca de 50 pessoas, incluindo as equipes dos programas “Viola, Minha Viola” e “Provocações” – o que intensificou reclamações de que a emissora tem dado prioridade às produções terceirizadas, em detrimento da própria equipe.

A insatisfação deu origem ao movimento “Eu Quero a Cultura Viva”, que já resultou em uma petição com mais de 70 mil assinaturas, um ato na porta da Fundação Padre Anchieta e um vídeo no qual ex-apresentadores, incluindo Luciano Amaral e Sabrina Parlatore, criticam a emissora pelo fim de vários programas – na atual gestão de Mendonça, iniciada em 2013, deixaram de ser produzidos, além do “Viola” e do “Provocações”, o infantil “Cocoricó” e a sessão de documentários “É Tudo Verdade”.

O acervo da emissora conta com 1324 edições do “Viola, Minha Viola” e 705 gravações do “Provocações”.

O programa “Viola, Minha Viola” já não era gravado com a apresentadora desde novembro do ano passado, quando Inezita adoeceu. Com o falecimento de Inezita Barroso e Antônio Abujamra, neste ano, as gravações foram interrompidas.

A TV Cultura informou ainda que estuda levar ao ar um novo programa que contemple o mesmo segmento do “Viola, Minha Viola”, que sempre deu espaço para a autêntica música raiz. Está estudando ainda um novo talk show que receberá personalidades e anônimos que muito têm a dizer ao público, assim como fazia o “Provocações”.

Você também vai curtir