Sandra Kogut e Gabriel Mascaro representam o Brasil no Festival de Toronto

Divulgação/Mateus Sá"Boi Neon", com Juliano Cazarré, é destaque na mostra paralela do Festival de Veneza 2015

por
  • Divulgação/Mateus Sá

    Sandra Kogut e Gabriel Mascaro representam o Brasil no Festival de Toronto

    “Boi Neon”, com Juliano Cazarré, é destaque na mostra paralela do Festival de Veneza 2015

O Brasil estará representado no Festival de Toronto, que se realiza entre 10 e 20 de setembro, com três longas e um curta-metragem.

Diretora de “Mutum” e “Um Passaporte Húngaro”, Sandra Kogut leva para o hemisfério norte o filme “Campo Grande”, filmada no meio das eternas reforma pelas quais passa o Rio de Janeiro. A atriz Carla Ribas dá vida a uma mãe que recebe a visita inesperada de dois irmãos.

Já o diretor Gabriel Mascaro, de “Ventos de Agosto” e “Doméstica”, participa do evento com “Boi Neon”, protagonizado por Juliano Casarré no papel de um vaqueiro. Maeve Jinkings (“O Som ao Redor”) e Vinicíus de Oliveira (“Central do Brasil”) completam o elenco.

O diretor afro-americano Ephraim Asili fez imagens no Brasil e Estados Unidos para “Many Thousands Gone”. Participa ainda do festival o curta “O Sinaleiro”, de Daniel Augusto, inspirado no conto do inglês Charles Dickens. É uma “ghost story” sobre um ferroviário que é assombrado por um fantasma no seu posto solitário de sinaleiro.