“O que mais gosto é de atuar, mas me escalam pouco”, diz Daniel Filho

Marcello Sá Barretto / AgNews8.ago.2015 – O ator e diretor Daniel Filho é homenageado no Festival de Gramado

por
  • Marcello Sá Barretto / AgNews

    "O que mais gosto é de atuar, mas me escalam pouco", diz Daniel Filho

    8.ago.2015 – O ator e diretor Daniel Filho é homenageado no Festival de Gramado

Homenageado por sua relação de longa data com o Festival de Gramado, o diretor, ator e produtor Daniel Filho demonstrou bom humor ao conversar com jornalistas no início da noite deste sábado (8). “Depois que a gente fica velho, a gente ganha homenagens”, brincou.

Mais sério, disse que ser homenageado é ser lembrado e respeitado. “Quando eu olho a lista das coisas que eu fiz, me espanto. Não dá pra negar que já fiz muita coisa”, disse o diretor de “Se eu Fosse Você” e “A Partilha”.

Entre as muitas funções que exerce, Daniel disse que sua preferida é a de ator. “Não sei se é porque não sou talentoso, mas me chamam pouco”, disse ele. “Fui assumindo outros papéis pela dificuldade de ser ator no Brasil, mas o que eu gosto mesmo e sempre sonhei terminar minha vida é atuando”, afirmou.

Mesmo brincando com a velhice, Daniel também disse que tem vontade de se aproximar dos jovens que fazem filme mais baratos. “Por que não fazemos filmes menores? Também acho que devemos mudar a maneira de explorar os filmes, e o streaming é uma coisa interessante”, disse ele.

“O que eu queria mesmo é concorrer com os argentinos. Eles já têm o papa e dois Oscars. Não dá”, brincou.