“Meu pai abraçou o Teleton por causa da minha filha”, diz Silvia Abravanel

Divulgação/SBTSilvia Abravanel participa do quadro "Elas Querem Saber", do "Programa Raul Gil"

por
  • Divulgação/SBT

    "Meu pai abraçou o Teleton por causa da minha filha", diz Silvia Abravanel

    Silvia Abravanel participa do quadro “Elas Querem Saber”, do “Programa Raul Gil”

Silvia Abravanel foi sabatinada por Thammy Miranda, Val Marchiori, Ciça Camargo e Sheila Mello no quadro “Elas Querem Saber”, do Programa Raul Gil, deste sábado (15), e falou sobre sua filha, Luana, de 16 anos, portadora de necessidades especiais.

“Minha filha especial me ensinou a ser um ser humano melhor. Sou muito grata às minhas filhas. Elas me ensinam que ainda existe amor. E meu pai abraçou a causa do Teleton exatamente por causa da Luana”, revelou a diretora do SBT, que levou ao ar o primeiro Teleton em 1998.

Luana sofre de síndrome de galoctsemia, doença genética marcada pela incapacidade de metabolizar a galactose, o açúcar típico do leite, e de um deficit neurológico causado pelo atraso no parto.

Ainda durante sua participação, Silvia voltou a falar sobre a mágoa que sente por Gugu desde quando ele deixou o SBT e foi para a Record.

“É uma mágoa minha. Não é do meu pai e nem da emissora. É minha”, afirmou. Filha adotiva de Silvio Santos, Silvia contou ainda que considera Íris Abravanel como a sua mãe de verdade e que “abomina peitos e bundas na televisão”. O “Programa Raul Gil” vai ao ar às 14h15.

Você também vai curtir