Depois de ser atacado por fãs de Taylor Swift, vocalista do Grizzly Bear exclui conta do Twitter

por

Grizzly Bear

Ed Droste, vocalista da banda novaiorquina Grizzly Bear, resolveu se retirar das redes sociais depois de sofrer com a retaliação dos apaixonados fãs de Taylor Swift. Há algum tempo, o músico vinha expressando seu desgosto com a estrela pop depois de tê-la conhecido pessoalmente e ter ficado com uma péssima impressão.

“Conheci uma celebridade que sempre especulei que fosse terrivelmente má e calculista e ela superou todas as minhas expectativas com grosseria e arrogância. Ódio”, escreveu o músico no Twitter no início do ano, posteriormente revelando que se tratava da voz de “Bad Blood”.

Na noite desta quinta-feira (27), Ed voltou a falar da cantora na rede social, dizendo que esta semana havia perdido o respeito por vários artistas que teriam se “rendido” ao poder da indústria. Coincidentemente, Taylor recebeu em seus últimos shows inúmeros nomes de peso, como Alanis Morissette, Justin Timberlake e até a atriz Lisa Kudrow, de Friends.

“Cansado de todo mundo puxando o saco do ‘poder’. Apenas parem de alimentar o monstro. Boa noite!”, escreveu o cantor. Ele ainda seguiu com uma série de mensagens dando sua opinião e falando como estava sendo desrespeitado pelos fãs da cantora.

“Honestamente, fui tratado como mer** em três ocasiões, sem nenhuma razão, pelo ‘monstro’ e desde então tenho sido chamado de todos os xingamentos mais nojentos que existem. Os fãs da TS me chamaram de judeu viado, feio e nojento e por aí vai. Linda base de fãs”, escreveu Ed.

“O fim da história é que me recuso ser censurado e sofrer bullying de equipes de relações públicas e pessoas desesperadas por aprovação. A fama é uma doença e me sinto estúpido por ter participado disso. Vocês poderão me ver no Twitter no Ano Novo para dizer ‘oi’. Adeus”, concluiu o músico antes de encerrar a conta.

Grizzly Bear

Confira as letras, traduções e mais de Grizzly Bear no Popzone.

Você também vai curtir