Após ausência do “Pânico”, diretor diz que Sterblich trabalha normalmente

O diretor do programa “Pânico na Band”, Allan Rapp, garantiu ao UOL que Eduardo Sterblich não se afastou do humorístico, conforme noticiado pelo jornal "Agora SP", De acordo com a publicação, o humorista teria pedido afastamento por estar com depressão depois de ser acusado de racismo ao representar um africano em um quadro do programa.

por

O diretor do programa “Pânico na Band”, Allan Rapp, garantiu ao Popzone que Eduardo Sterblich não se afastou do humorístico, conforme noticiado pelo jornal “Agora SP”, De acordo com a publicação, o humorista teria pedido afastamento por estar com depressão depois de ser acusado de racismo ao representar um africano em um quadro do programa.

“As coisas estão normais. Ele está trabalhando normalmente, rotina normal, semanal. Ontem ele se reuniu com a galera”, avisou Allan. Sterblicht não participou do programa ao vivo no último domingo (23). Neste dia ele teve um mal-estar e foi substituído por Carioca, que encarnou o “Poderoso Castiga”, um dos personagens de Sterblich.

Ao Popzone, nesta quarta, Carioca declarou que o amigo “está ótimo”. Questionado se Sterblich está com depressão, Carioca limitou-se a dizer: “não tem nada disso”. A reportagem entrou em contato com a assessoria de Eduardo Sterblich, mas não obteve retorno.

No programa do dia 9, “o Pânico na Band” foi acusado de incitar o racismo no ao exibir o personagem Africano no quadro “Pânico’s Chef”, o qual satiriza o programa “MasterChef”.

Sterblitch aparece com o rosto pintado de preto e uma malha da mesma cor. Para se comunicar, o intérprete emite sons, apresenta danças características de países da África, além de aparecer bebendo água direto de uma torneira e andando descalço. Os movimentos UneAfro Brasil e RUA – Juventude Anticapitalista criticaram o humorístico.

Em sua página no Facebook, Sterblitch lamentou o ocorrido. “Não sou racista! E também estou chorando… A quem deixei triste ou pior, peço desculpas por minha ignorância. Que, pelo menos, eu sirva de exemplo! Para que isso não aconteça mais”, escreveu. O programa tirou o personagem do ar.

Você também vai curtir