“Acho que a Paola não gosta de mim”, diz Aritana ao deixar o “MasterChef”

Eliminada do último episódio do “MasterChef”, nesta terça-feira (4), Aritana Maroni tinha esperança de continuar na competição, mesmo ter declarado durante a prova que não era especialista em doce. Após ser anunciada pelo jurado Erick Jacquin que deixaria o programa, a empresária demonstrou muita decepção.

por

Eliminada do último episódio do “MasterChef”, nesta terça-feira (4), Aritana Maroni tinha esperança de continuar na competição, mesmo ter declarado durante a prova que não era especialista em doce. Após ser anunciada pelo jurado Erick Jacquin que deixaria o programa, a empresária demonstrou muita decepção.

Em entrevista ao Popzone, Aritana diz que se sentiu derrotada ao ver ali seu sonho acabar, mas que tem esperança em conseguir trabalhar com algum dos jurados Erick Jacquin, Henrique Fogaça e Paola Carosella. Apesar de não ter recebido nenhuma proposta dos três por não ter contato com eles assim que deixou o programa, Aritana sonha em fazer um estágio no restaurante de Fogaça.

“Gosto muito da forma que ele trabalha. Também adoro o Jacquin, ele é muito brincalhão, e gosto da Paola, mas acho que ela é que não gosta de mim. Pode ser coisa da minha cabeça, mas tenho essa impressão”, disparou a ex-participante.

Aritana tirou essa conclusão depois de ser duramente criticada por Paola no programa exibido na semana passada, quando os competidores tinham que preparar salmão. Ao experimentar o prato da empresária, Paola disse que Aritana “não era cozinheira e que não tinha capacidade para participar do programa”.

“Eu fiquei muito magoada, machucada com o que eu ouvi. Quando subi para o camarote, chorei horrores, me senti desmotivada. Eu queria ter respondido para ela, dizendo que só falou aquilo porque não passa pelo estresse psicológico que a gente passa. Mas controlei. Depois em casa eu refleti que eles estão para julgar, criticar e nós temos que tirar algo positivo disso. Os jurados sabem do que estão falando e eu entendi o lado dela. Ficou tudo bem, eu a respeito e admiro muito”, ressalta.

Reprodução/Band

"Acho que a Paola não gosta de mim", diz Aritana ao deixar o "MasterChef"

Aritana fica decepcionada ao ser eliminada

"Acho que a Paola não gosta de mim", diz Aritana ao deixar o "MasterChef"

No desafio do último programa, os participantes tinham que fazer uma torta de maçã, o que deixou Aritana desesperada por não ter o hábito de fazer doces. “Meu pai é diabético e por conta disso não comemos doce. Eu estudei fazer aquela torta, mas errei por não saber fazer o recheio. O que me prejudicou também foi ter deixado cair o termômetro no forno e precisei ficar abrindo e fechando para tentar tirar de lá”, conta.

Apesar da inexperiência em doces e dificuldades em deixar tudo pronto no tempo, Aritana estava convicta de que não iria sair. “Eu experimentei o recheio e estava muito bom. Mas na hora que cortei a torta, coloquei no prato e virou aquela sopa, aí eu vi que ia dançar. Meu mundo caiu, desmoronou na hora. Por mais que a gente corre atrás dos sonhos aqui fora, eu não iria ter mais participar do programa. Eu queria ganhar”, declara.

Temperamento forte

Aritana Maroni admite que tem temperamento forte, mas diz que não se irritou com nenhum participante e que resolvia na hora qualquer questão que a incomodava. “Não sou de guardar nada. Deixava para resolver nos bastidores e ficava tudo bem”, ressalta ela, que deixa claro que não criou inimizades dentro do programa e pretende levar os amigos que fez lá dentro para “o resto da vida”.

Questionada sobre o que mais a incomodava dentro do programa, Aritana citou a intervenção dos jurados enquanto eles preparavam os pratos. “Uma pessoa experiente vendo que você está fazendo uma cosia errada e mesmo tentando te ajudar, só me deixava nervosa. Às vezes eu tinha aquele prato na cabeça, aí eles chegavam e davam um banho de água fria”, conta.

Dos participantes que seguem na competição, Aritana torce por Fernando, Raul e Jiang. “O Fernando foi um dos melhores amigos que fiz lá dentro. Ele era meu maior concorrente”, declara.

“Queria ter jogado o prato com a torta na televisão”

Pai de Aritana, o empresário Oscar Maroni ficou decepcionado com a eliminação da filha. Em entrevista ao Popzone, Maroni acredita que houve incoerência nos critérios usados pelos jurados na decisão de eliminá-la.

“Eu não entendi porque durante aquela reunião [quando os jurados avaliam o desempenho dos participantes] eles disseram que a torta de maça da Aritana era a mais gostosa e que a da Izabel estava crua e grossa nas bordas. Meio incoerente, né? Fiquei com vontade de jogar o prato com a torta na televisão. Disseram que a torta da minha filha era a mais gostosa e isso está gravado”, afirma.

O empresário ainda protestou contra a postura dos jurados de criticar os amadores chefs. Para Maroni, eles tratam os participantes com muita agressividade. “Você deve punir no privado e elogiar no público. Eles mais punem do que elogiam. No processo educacional, infelizmente somos criados mais com a superexposição dos erros e os acertos são ignorados”, reflete o empresário, que tem formação em psicologia.
Colaborou o repórter Felipe Pinheiro

Você também vai curtir