Polícia identifica adolescente como suspeito de ataques a Maju Coutinho

Divulgação/Globo/Zé Paulo CardealA jornalista Maria Júlia Coutinho, que sofreu um ataque racista no Facebook na última quinta-feira (2)

por
  • Divulgação/Globo/Zé Paulo Cardeal

    Polícia identifica adolescente como suspeito de ataques a Maju Coutinho

    A jornalista Maria Júlia Coutinho, que sofreu um ataque racista no Facebook na última quinta-feira (2)

A Policia Civil do Estado de São Paulo divulgou nesta terça-feira (7) que identificou um adolescente de 15 anos como suspeito de postar comentários racistas sobre a jornalista Maria Júlia Coutinho na página do “Jornal Nacional” no Faceboook, na última quinta-feira (2).

Em nota divulgada pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) informou que o adolescente mora em Carapicuíba, na Grande São Paulo, e foi localizado na última segunda-feira.

Ele foi ouvido pela Polícia e solto logo em seguida. A pena por injúria racial é de dois a cinco anos de prisão e multa. No caso do adolescente, se sua participação no crime for confirmada, ele responderá por ato infracional, podendo ser punido com alguma medida socioeducativa a ser definida pela Justiça da Infãncia e da Juventude.

Você também vai curtir