TOPO

“Não houve exploração”, diz “Playboy” sobre fotos de Camila Pitanga nua

por Redação / Publicado em sexta-feira, 03 jul 2015 11:12 AM / / 1978 views
  • Reprodução/GShow

    "Não houve exploração", diz "Playboy" sobre fotos de Camila Pitanga nua

    Camila Pitanga ganhou na Justiça processo contra a “Playboy” por uso indevido de imagem

Depois de ser condenada a indenizar as atrizes Camila Pitanga e Nathalia Dill, a “Playboy” pretende recorrer da decisão da Justiça. Elas acusam a revista de uso indevido de imagens na edição de dezembro de 2012. Alexandre Fidalgo, advogado da publicação, disse ao Popzone que considerou “equivocada” esta primeira decisão favorável às atrizes.

“Vamos recorrer no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Não concordamos com essa posição e entendemos que a ‘Playboy’ fez uma avaliação crítica da arte praticada pelas atrizes dentro da liberdade de expressão garantida pela Constituição”, afirmou Fidalgo.

O advogado ressalta que em nenhum momento houve uma exploração das imagens de Camila Pitanga e Nathalia Dill. “Houve uma análise artística pertinente”, declarou.

A revista tem quinze dias para recorrer após a intimação. Procurado pela reportagem, o advogado das atrizes, Ricardo Brajterman, falou sobre o caso.

“A revista reproduziu fotos de cenas das atrizes nuas. Foram três imagens de Camila retiradas dos filme “Eu Receberia as Piores Notícias de Seus Lindos Lábios” e uma da Nathalia do longa “Paraísos Artificiais”. Além das imagens, as chamadas insinuando que as atrizes tinham aceitado posar nuas indignaram as minhas clientes. As duas sempre recusaram todas as propostas da revista”, afirmou.

A sentença a favor de Camila saiu na segunda-feira e ficou determinada uma indenização no valor de R$ 330 mil. Já Nathalia Dill ganhou a causa há uma semana e ficou estabelecido que irá receber R$ 70 mil da publicação. Apesar de ganhar as duas causas, Brajterman ainda pretende recorrer para aumentar os valores da indenização.

|